Remo esconde o jogo para a decisão

11/05/2012

O técnico Flávio Lopes comandou nesta sexta-feira (11) um coletivo no campo do União, em Castanhal.  A pedido do treinador remista, o trabalho foi de portões fechados, apenas a imprensa pôde acompanhar, mas nada de imagens de fotógrafos e cinegrafistas. Depois de uma hora de movimentação, o time titular venceu por 1 a 0, gol marcado pelo atacante Marciano.

Flávio Lopes iniciou o coletivo com Adriano; Cássio, Edinho, Diego Barros e Juan Sosa; André, Adenísio, Betinho e Marciano; Joãozinho e Fábio Oliveira. Amanhã (12) pela parte da manhã, o atacante Cassiano vai treinar e será observado de perto pelo médico Jorge Silva. Se treinar e não sentir dores será relacionado para a final, caso contrário será cortado da partida.

Na noite de hoje, o técnico Flávio Lopes vai reunir com os jogadores no hotel. É mais um bate-papo entre a comissão e os atletas. Segundo os remistas, a ida para Castanhal está trazendo boas energias para o grupo, é um outro ambiente.

O atacante Marciano é um dos atletas que gostam da Cidade Modelo, inclusive foi dele o gol único do coletivo. Com a suspensão do meio-campo Magnum, Marciano vai fazer uma função diferente contra o Cametá. “A minha função vai ser jogar de 3º atacante, vou ter liberdade para atacar”, declarou.

A expectativa da diretoria e dos jogadores é de um Mangueirão lotado. “A torcida vem mostrando sua força nos jogos, não é a toa que é chamada de Fenômeno Azul, sei que eles vão nos apoiar”, afirmou Marciano. 

DETALHE

Além do trabalho coletivo, o técnico Flávio Lopes aproveitou para treinar pênaltis. Caso o Remo vença por apenas um gol, a disputa do título será decidida na marca da cal. A delegação remista volta de Castanhal na manhã de domingo (13) depois do café.

(Fábio Relvas/DOL)

Fonte: www.radioclubedopara.com.br

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.