Libertadores: Após empate, Vasco festeja não ter levado gols em casa

17/05/2012

Rio de Janeiro, RJ, 17 (AFI) – O Vasco não conseguiu cumprir o objetivo de derrotar o Corinthians no primeiro jogo das quartas de final da Libertadores, mas os jogadores tentaram enxergar aspectos positivos na igualdade. E eles lembraram que o empate por 0 a 0 deixa o time carioca com a chance de se classificar para as semifinais com qualquer igualdade com gols no Estádio do Pacaembu.

“O Corinthians é uma grande equipe. Está bom. O importante é que não tomamos gol. O jogo [em São Paulo] é difícil. Da mesma maneira que foi 0 a 0 aqui, lá o Corinthians vai ter que sair para o jogo. A gente pode usar o contra-ataque para poder sair o gol”, disse o meia Felipe, já indicando a estratégia que será adotada pelo Vasco na próxima quarta-feira.

O centroavante Alecsandro também exaltou o fato da meta vascaína não ter sido vazada em São Januário. “A gente sabia que é um jogo de 180 minutos. Acabou o primeiro tempo, agora vamos para o segundo lá. O resultado em 0 a 0 é pênalti. Qualquer resultado de empate com gols a gente classifica. Então, acabou também sendo um bom resultado. Não tomar gol dentro de casa é um bom resultado”, afirmou.

Para o atacante Eder Luís, o Vasco tem chances de conseguir a classificação mesmo atuando em São Paulo. “Jogo difícil, a gente sabia. Às vezes, a gente acha que é ruim o placar, mas nem tanto. Não é jogo de 90 minutos. Tem mais uma partida. A gente sabe que a gente tem condição de ir lá e fazer um grande jogo também”, disse.

Alecsandro lamentou as condições do gramado de São Januário, que teriam atrapalhado as ações ofensivas do Vasco. “Não dá para esconder de ninguém que a gente esperava uma vitória. Mas acho que pelas circunstâncias da partida, o gramado encharcado, um jogo difícil”, comentou.

Fonte: www.radioclubedopara.com.br

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.