Receosa, FPF suspende campeonatos

30/05/2012

O futebol de base paraense sofre paralisação nas primeiras rodadas de suas competições sub-15 e sub-20 e acaba gerando um debate sobre o cuidado que os clubes paraenses têm com seus atletas. Entre tantas opiniões divergentes, uma coisa é certa: o cuidado com atletas de base ainda é ineficiente no estado. Em nota divulgada ontem, a Federação Paraense de Futebol (FPF) comunicou a suspensão das rodadas iniciais dos campeonatos sub-15 e sub-20 que estavam programados para a primeira semana do mês de junho. Os clubes terão de apresentar o atestado médico de todos seus atletas inscritos nas competições até o dia 07/06, pois os jogadores que não tiverem seus atestados apresentados, não poderão participar da disputa. Segundo a Federação, esta determinação visa preservar a integridade física dos atletas participantes das competições organizadas pela mesma. Segundo o diretor da FPF, Paulo Romano, a medida foi tomada com base na falta de responsabilidade dos clubes com a saúde dos atletas. “Todo atleta profissional, antes de assinar o contrato com o time, precisa de um atestado médico. Os árbitros também. E tudo isso passa pelas mãos da Federação. No caso do futebol amador, a responsabilidade é toda do clube. Estamos tomando esta decisão, pois os clubes tem se mostrado relapsos em relação à saúde de seus atletas. Queremos evitar que casos como o que houve no Remo se repitam”, revelou. O diretor se referia ao caso do jogador Jean, atleta da base do Clube do Remo que faleceu no dia 25 de maio em decorrência de um mal súbito. (Diário do Pará)

Fonte: www.radioclubedopara.com.br

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.