Série C: Brasil-RS “peita” decisão da CBF e decide manter briga judicial

16/06/2012

Pelotas, RS, 15 (AFI) – Parecia dia de jogo na Baixada! Com a presença de quase 200 torcedores Xavantes no Salão de Honras do estádio Bento Freitas, foi decidido que o clube vai até o fim no processo da Série C. Em assembleia extraordinária convocada na última quinta pela Direção Executiva do GE Brasil, após a cassação da liminar que obrigava a CBF a incluir o GEB na Terceira Divisão do Brasileirão deste ano, sócios e conselheiros do rubro-negro escolheram, por maioria de votos, que o Brasil dará continuidade no processo jurídico da competição nacional.

A reunião foi procedida pelo Departamento Jurídico do clube, que fez questão de explicar todos os argumentos do processo, desde o início da ação que gerou a punição até os acontecimentos da anulação da liminar a favor do Brasil. Diversas perguntas dos associados foram respondidas e todos os riscos foram devidamente esclarecidos, ainda assim a maioria dos presentes (quatro votos contra) foi favorável à ininterrupção da ação do GE Brasil.

“Temos que exaltar os sócios e conselheiros Xavantes que estiveram presentes hoje nesta reunião, que abraçaram a causa junto com o clube, e que mesmo a par de todos os riscos que o Brasil pode correr de agora em diante, optaram por seguir junto com o rubro-negro nesta empreitada. Vamos até o fim!” disse André Araujo, membro do Departamento Jurídico.

Brasil fora!
Na noite desta quinta-feira, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) comentou a decisão do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ-RS) e confirmou o Brasil fora da terceira divisão. No texto publicado no site oficial da entidade ficou informado que o Grêmio Esportivo Brasil foi excluído da Série C.

Além de ter confirmado a decisão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), que puniu o time gaúcho com a perda de seis pontos, em virtude da “inclusão em seu time de um jogador sem condição legal, visto que deixou de cumprir a suspensão automática resultante de expulsão na última partida da Série C do ano de 2010”.

De acordo com a entidade máxima do futebol nacional, a decisão da justiça gaúcha fortalece a confiança da CBF na obtenção de um resultado final, reconhecendo a competência do STJD em apreciar e julgar a matéria.

Fonte: www.radioclubedopara.com.br

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.