Justiça da PB autoriza intervenção policial caso Série C comece sem o Treze

29/06/2012

Campina Grande, PB, 28 (AFI) – Mesmo após a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) ter anunciado, nesta quinta-feira, o início da Série C sem o Treze, o time paraibano conseguiu mais uma vitória na Justiça Comum. O juiz paraibano Falkandre Queiroz deferiu um pedido de liminar para que o clube seja incluso na competição, podendo até ser utilizada força policial caso o certame comece sem a equipe.
O pedido interposto pelo Treze, na 1ª Vara Cível de Campina Grande, foi contra a CBF, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e o Rio Branco, e ainda cita a possibilidade de “intervenção policial em casos necessários”, se a competição ter início neste final de semana.

No documento, o juiz ordena que todos os órgãos estaduais e agremiações esportivas que administrem estádios de futebol se abstenham de autorizar, de qualquer forma, a realização de jogos pela Série C do Campeonato Brasileiro.

O juiz paraibano ainda aumento a multa diária caso a ordem judicial seja desobedecida. Tanto CBF, quanto STJD e Rio Branco terão que desembolsar R$ 100 mil diários caso a terceira divisão nacional comece sem o time da Paraíba. Além disso, foram impostos R$ 5 mil para cada dia de atraso no descumprimento da ordem.

Fonte: www.radioclubedopara.com.br

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.