Ganso é o 3º garoto do Pará a ir para Olimpíadas

08/07/2012

Na história da Seleção Brasileira, o Pará já teve a honra de ter jogadores que o representaram em diversas competições importantes. Com a lista dos jogadores convocados para a Olimpíada divulgada pelo técnico da seleção, Mano Menezes, na última quinta-feira (05), o jogador Paulo Henrique Ganso se torna o terceiro jogador do estado a ir para a disputa dos Jogos Olímpicos.

Quando falamos de Olimpíadas, dois nomes surgem antes de Ganso como representantes do Pará no evento: Manoel Maria e Rosemiro. Ambos os jogadores representaram a seleção nos Jogos Olímpicos, mas em tempos diferentes. Manoel Maria foi parte da seleção que disputou os Jogos do México, em 1968, e Rosemiro defendeu a seleção em 1976, nos Jogos de Montreal.

Manoel Maria, que no Pará jogou pelos times profissionais do São Raimundo e da Tuna Luso, fez parte de uma seleção brasileira que foi eliminada na primeira fase dos Jogos de 68. Após empatar em 1 a 1 contra o Japão e em 3 a 3 contra a Nigéria, o Brasil perdeu para a Espanha por 1 a 0 e deu adeus aos Jogos Olímpicos. A glória de Manoel veio no Santos, onde jogou ao lado de Pelé e conquistou mais de 5 títulos pelo clube, incluindo uma Recopa e dois paulistas.

Já Rosemiro teve uma campanha mais memorável na Olimpíada de 1976. Antes dos Jogos, a equipe brasileira já havia ganhado o Pan-Americano no ano anterior. A seleção daquele ano acabou em quarto lugar, após empatar em 0 a 0 com a Alemanha Oriental (que se sagraria a campeã), vencer a Espanha por 2 a 1 e Israel por 4 a 1, e perder para a Polônia na semifinal e na disputa de terceiro lugar para a União Soviética pelo placar de 2 a 0 nas duas partidas.

Rosemiro ganhou títulos pelo Clube do Remo: os campeonatos paraenses de 1973, 1974 e 1975. O jogador também foi campeão paulista pelo Palmeiras em 1976 e campeão carioca pelo Vasco em 1982.

Se esses dois levaram a bandeira do Pará antes de Ganso, o jogador do Santos já vai para a competição com uma bagagem de respeito. Com apenas 22 anos, já ganhou três paulistas, uma Copa do Brasil e uma Libertadores, além de ter sido o primeiro jogador paraense que jogou uma partida com a camisa da seleção em Belém. E se estamos falando em números, resta torcer para que Ganso seja parte da primeira seleção brasileira campeã olímpica de futebol.

(Diário do Pará)

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.