Robinho pode reaparecer entre os titulares

22/09/2012

 

Durante a semana, a comissão técnica do Paysandu preferiu evitar o desgaste excessivo da equipe. Os treinos ocorreram somente em um período no dia. A estratégia visou deixar os jogadores com 100% das suas condições físicas para a tarde de hoje. Bem, o sucesso da iniciativa só será confirmada ao final dos 90 minutos. O fato é que restaram ao técnico Givanildo Oliveira apenas dois períodos para que pudesse corrigir taticamente os erros que a equipe vem apresentando. Por isso, o treinador bicolor tem dúvidas sobre qual será a melhor formatação para iniciar o embate de logo mais.

“No jogo passado (contra o Fortaleza), a gente já viajou com o time definido, mas desta vez eu vou deixar, no caso para vocês (imprensa) e o torcedor, para cima da hora. Mais um motivo para guardar o time. Se você pode esconder um pouquinho, como muitos fazem. Eu acho que não é a hora de estar divulgando o time”, conta Givanildo, querendo evitar que informações sobre o Papão cheguem facilmente ao rival.

As dúvidas do comandante alviazul se restringem ao meio campo e ataque. No coletivo realizado quinta-feira, no Mangueirão, Giva experimentou Robinho no lugar de Harison e Pantico no lugar de Thiago Potiguar, no ataque. Com Pantico ao lado de Moisés, o ataque bicolor passou ser mais incisivo e arriscar mais arremates de média distância, diferentemente quando Potiguar está na equipe, pois o atleta prioriza a jogada individual pelo lado esquerdo do campo. A única certeza é de que com a lesão do zagueiro Thiago Costa, Giva tira a equipe do 3-5-2 e põe no 4-4-2, com o recém-chegado Alex Gaibú no meio campo.

(Diário do Pará)

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.