Leão vive mais um drama no STJD

09/10/2012

 

Nem tudo está tão ruim que não possa ficar pior. É esse provérbio que pode acompanhar a temporada 2012 do Clube do Remo. Se não bastasse o fracasso no Campeonato Paraense e a eliminação prematura do Brasileiro da Série D, o Leão irá voltar a sentar nos bancos dos réus em julgamento do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

Na última semana, a agremiação já sofreu uma punição de R$ 5 mil e mais a perda de quatro mandos de campo em competições nacionais. o que puniu o mal comportamento da torcida azulina no final do jogo contra o Mixto (MT), dia 9 de setembro. A bola da vez é a partida contra o Náutico (RR), também pela quarta divisão, no dia 12 de agosto. Na ocasião, outra vez, a torcida arremessou objetos para dentro do campo em direção a equipe de Roraima ao final da vitória por 4 a 0 do Leão, em partida realizada no Baenão.

A Procuradoria do Tribunal pediu uma revisão da pena de R$ 200 aplicada aos azulinos por esse caso. A intenção é aumentar a punição. A defesa do clube, feita pelo advogado Osvaldo Sestário, está confiante que, no máximo, apenas seja aumentado o valor da multa e não inserido novas perdas de mando de campo para cumprimento em 2013. Contudo, ser reincidente, pode ser desfavorável a uma ampla defesa. O julgamento está marcado para a tarde desta quarta-feira.

(Diário do Pará)

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.