Papão vai jogar em Belém contra o Salgueiro-PE

11/10/2012

 

A presidência do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) concedeu efeito suspensivo em favor do Paysandu, na noite desta quarta-feira (10), referente à punição sofrida pela equipe paraense no dia 5 de outubro, quando perdeu dois mandos de campo por causa do comportamento de sua torcida no jogo contra o Guarany – CE, no estádio Mangueirão, em 8 de setembro.

A decisão desobriga o Papão de cumprir – pelo menos até o julgamento do mérito da liminar pelo pleno do STJD – a punição de perda de mando de campo na partida contra o Salgueiro-PE, no domingo (21), pela 17ª rodada da Série C. Sendo assim, a referida partida, que na terça-feira (9) foi marcada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para a Arena do Município Verde, em Paragominas, volta para o estádio Mangueirão, em Belém. A CBF deve oficializar a mudança nesta quinta-feira (11).

O recurso jurídico foi produzido por Hermom Pimentel, advodago e diretor jurídico do Paysandu, e pelo advogado que representa o bicola no Rio de Janeiro, Osvaldo Sestário, quem apresentou o documento à presidência do STJD.

ENTENDA O CASO

O Papão foi punido duas vezes pelas Comissões Disciplinares (primeira instância) do STJD. A primeira ocorreu em 20 de setembro, por causa do comportamento da fiel bicolor na partida contra o Icasa-CE. A 5ª Comissão Disciplinar puniu o Paysandu com multa de R$ 3 mil e perda de dois mandos de campo. Porém, o advogado Osvaldo Sestário conseguiu efeito suspensivo e o Papão pôde fazer o jogo contra o Treze-PB no estádio Mangueirão. A segunda punição ocorreu em 5 de outubro, por causa do comportamento da torcida no jogo contra o Guarany-CE, em Belém, dia 8 de setembro. Os bicolores perderam mais dois mandos de campo.

Segundo o departamento jurídico do Papão, a sessão do pleno do STJD está marcado para 25 de outubro, o que garante a realização da partida contra o Salgueiro-PE na capital paraense. Caso o pleno do STJD referende as punições das Comissões Disciplinares, o Paysandu terá que jogar quatro partidas a 100 km de Belém, sendo que na Série C deste ano só restariam mais três partidas para os bicolores dentro de casa (nas quartas de final, semis e final). A quarta partida da penalidade deve ser cumprida na Copa do Brasil 2013. Porém, os advogados dos bicolores trabalham com a possibilidade de reverter as duas decisões das Comissões Disciplinares.

(Felipe Melo/DOL)

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.