Exames comprovam que o lateral Aldivan sofreu AVC

19/10/2012

 

Os resultados dos exames realizados na tarde desta quinta-feira (18) confirmaram que foi um Acidente Vascular Cerebral (AVC) que causou o mal estar e internação do jogador de futebol Aldivan. O problema foi gerado por um trombo (obstrução) em uma artéria no cérebro, o que impede a circulação de sangue e provoca o AVC.

Segundo Ricardo Ribeiro, chefe do Departamento Médico do Clube do Remo, ainda não é possível saber o que gerou o trombo, mas a possibilidade do tumor está praticamente descartada.

“Ele (Aldivan) fez ressonância magnética e uma tomografia contrastada que verificaram o AVC. Como não foi verificado presença de tumor, o atleta vai ficar no hospital recebendo acompanhamento médico e sendo medicado, mas não vai ser submetido a nenhum processo cirúrgico”, explicou Ribeiro, que também informou que Aldivan deve fazer uma arteriografia para saber a situação da artéria afetada.

Ainda segundo o médico do Remo, o jogador está com problemas de memória e pode ter maiores sequelas. “É possível que ele (Aldivan) tenha sequelas que afetem sua coordenação motora, porém, ainda não podemos confirmar nada”, avalia o médico.

Aldivan já teria acertado seu retorno ao São Raimundo, de Santarém, para a disputa da primeira fase do Parazão 2013, que está programado para iniciar em novembro de 2012. No entanto, o lateral ainda não quando vai poder voltar a jogar futebol.

COMO ACONTECEU

Aldivan sofreu uma convulsão na tarde desta quarta-feira (17), quando foi internado no Hospital Pronto Socorro Municipal Mário Pinotti, localizado na travessa da 14 de março, bairro Umarizal.

(Felipe Melo/DOL)

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.