Macaé treina pênaltis e coloca ingressos à R$10,00

07/11/2012

 

A preparação forte para a segunda partida das quartas de final da Série C, entre Paysandu e Macaé-RJ, não é executada apenas em Belém. O Macaé-RJ intensifica o trabalho às vésperas da partida mais importante do ano.

Sabendo das dificuldades que terá para vencer o Papão pela diferença de três gols, o técnico Toninho Andrade já mentaliza um resultado mais viável, uma vitória por dois gols de vantagem.

Penalidades estão sendo trabalhadas com frequência nos treinamentos no Estádio Moacirzão, em Macaé (RJ)

Outra preocupação do treinador da equipe fluminense está na lateral-esquerda. Entregue ao departamento médico, o jogador Edu Pina, um dos pivôs do início de alvoroço na primeira partida em Paragominas (PA), pode desfalcar o Leão.

Caso não conte com o lateral, que tem passagem pelo Vasco da Gama (RJ), o comandante macaense deve mandar à campo Gedeil, que inclusive vem mantendo contato com o atacante Rafael Oliveira, do Papão, amigos desde os tempos de Santa Cruz-PE.

TORCIDA:

O treino desta terça-feira contou com uma presença ilustre. O presidente do clube, Walter Bittencourt deus as caras em um dos momentos mais importantes da história do emergente Macaé-RJ.

Além de passar apoio para os jogadores, o presidente reiterou o desejo de contar com ‘casa cheia’ contra o Papão, algo impensado para o time com média de 224 torcedores por jogo.

Para tentar incentivar o torcedor, o Macaé-RJ colocará cerca de 10 mil ingressos à venda, com preço popular de R$10,00 reais.

(DOL, com informações do Diário do Pará)

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.