Barcos faz mistério e diz que não sabe sobre seu futuro

20/11/2012

 

São Paulo, SP, 20 (AFI) – Hernán Barcos ainda não sabe onde vai jogar em 2013. O rebaixamento do Palmeiras faz com que o argentino fique em dúvida sobre sua permanência ou não. O empresário e irmão do jogador, David Barcos, virá ao Brasil na semana que vem para conversar com a diretoria palmeirense e definir a situação. Na Argentina, o atacante admitiu, para a imprensa brasileira, que a situação não é fácil, mas espera por uma definição em breve.

“Tenho que ver as possibilidades e saber o que o Palmeiras quer. Terei de tomar uma decisão, que, para mim, não é fácil. Mas acredito que na semana que vem ou na outra isso estará resolvido. Por enquanto, não sei o que vai acontecer”, disse o atacante, que está receoso de perder espaço na seleção argentina por jogar a Série B do Brasileiro.

“Eu quero continuar na seleção, mas ainda depende muito do que vai acontecer daqui para frente. Por isso preciso decidir o meu futuro”, explicou o atacante, sem dar pistas sobre o futuro. Mas ele admite que a atual temporada está sendo marcante. “Neste ano, vivi as melhores e as piores coisas da minha vida.”

A tendência é que Barcos fique pelo menos para a disputa da Copa Libertadores e no meio do ano volte a se reunir com a diretoria e peça para ser emprestado ou negociado em definitivo. Barcos é visto no clube como o principal jogador do elenco e os dirigentes acreditam que dificilmente conseguiriam contratar um jogador do nível dele. Por isso, sua permanência para a Libertadores seria o “grande reforço” para 2013.

Na segunda-feira, o atacante havia sinalizado que deveria ficar no clube, através de uma mensagem publicada em sua página pessoal no Twitter. “Palmeirense, obrigado por todo apoio. E desculpe por não poder fazer mais para sair dessa situação ruim. Mas o 2013 é nosso. Eu acredito”, escreveu.

Barcos está com a seleção argentina que joga o Superclássico das Américas contra o Brasil, quarta-feira, em La Bombonera. E ele é desfalque certo no Palmeiras para a partida de domingo, contra o Atlético-GO, pelo Brasileiro, por ter recebido o terceiro cartão amarelo diante do Flamengo.

Fonte: www.radioclubedopara.com.br

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.