Célio Codó esnoba proposta do Clube do Remo

24/11/2012

 

O polêmico atacante Célio Codó, destaque do Sampaio Corrêa nas primeiras fases da Série D, porém hostilizado pela torcida por atuações fracas na reta final, parece cada vez mais distante de aportar no estádio Evandro Almeida junto com os outros reforços do Clube do Remo, no dia 3 de dezembro. O atacante, que no momento decide em qual equipe vai atuar no ano que vem, deu declarações diretamente de São Luís (MA) afirmando que a proposta do Clube do Remo é pouco sedutora.

“Com a proposta do Remo, eu só vou ganhar R$ 1 mil a mais do que ganho no Sampaio Corrêa. Aqui eu tenho a minha família e amigos, não acho que vale a pena trocar de clube por essa diferença salarial”, define Célio. O atacante afirma que o presidente do Sampaio Corrêa, Sérgio Frota, é detentor de parte do seu passe e no momento está avaliando propostas do Mogi Mirim (SP).

O presidente da Bolívia Querida, Sérgio Frota, afirma que o peso maior na escolha de onde jogar será do atleta, mas o mandatário máximo do atual campeão da Série D vai na mesma linha do jogador, e acredita que ele não deve priorizar o Leão Azul de Antônio Baena. “Eu apresentei a proposta para o Célio e ele ficou de me responder. Porém, o Mogi Mirim também está querendo o futebol dele. Creio que ele não deve acertar com o Remo”, afirma Frota. A contratação de Codó foi indicada pelo novo treinador do Leão, Flávio Araújo, que conversou pessoalmente com o presidente do clube maranhense.

VISTORIA

Estava tudo preparado para a realização da vistoria técnica do estádio Evandro Almeida, o Baenão, por Ministério Público, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Vigilância Sanitária, mas o promotor de justiça Marco Aurélio do Nascimento solicitou o adiamento da vistoria para a próxima segunda-feira, por problemas de agenda do Ministério Público.

(Diário do Pará)

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.