Vandick Lima vai analisar ter diretor remunerado

12/12/2012

 

Exatamente às 1h50 desta quarta-feira, a cúpula do futebol bicolor, composta pelos diretores Clodomir Jr. e Roger Aguilera, devidamente acompanhados do presidente eleito Vandick Lima, embarca para o Rio de Janeiro, tendo em vista uma série de reuniões na capital fluminense, que variam entre a intenção de formatar uma parceria esportiva com o Fluminense, assim como as reuniões na CBF e com uma empresa de telefonia móvel.

A principal novidade até o momento gira em torno do gerente executivo de futebol. A intenção da diretoria é contratar um profissional com experiência em outros clubes, que possa gerir todo departamento do clube, e um nome já foi dito. “Temos uma reunião com o Gustavo Mendes na quarta-feira e ele vai apresentar o projeto dele para o futebol do Paysandu. Não está nada certo, mas ele é a nossa primeira opção para gerenciar essa parte”, garante Vandick.

E por falar em experiência, Gustavo Mendes de fato é um nome exemplar. Jornalista de formação, Mendes iniciou sua carreira no Fluminense, e depois seguiu para o Macaé, Náutico e Avaí. Se tudo transcorrer como previsto, o novo “Gerentão” poderá vir de imediato para Belém.

Já na sede da entidade máxima do futebol brasileiro, a cúpula terá encontro com o diretor de futebol da CBF, Virgílio Elísio, para saber mais sobre a cota de patrocínio e televisionamento dos clubes que irão disputar a Série B, podendo até reivindicar um reajuste nos valores. Sobre a empresa de telefonia móvel, a ideia é transformar o estádio da Curuzu numa arena multiuso, bancada pela empresa, que poderá administrá-la, pagando ao clube uma porcentagem financeira e uma série de benefícios diretos ao bicola, como modernização e ampliação do estádio.

TRIO DE VOLTA

Na manhã de ontem, três jogadores do Paysandu retornaram aos treinos leves depois de um longo período de recuperação: os goleiros Paulo Rafael e Paulo Wanzeler e o lateral Jairinho

EIS A GRANA…

Após os amistosos no estado do Amapá, o departamento de divisões de base do clube repassou aos responsáveis pela delegação a quantia de R$ 20 mil, referente à cota do clube para os jogos em Macapá e Santana.

A delegação sub-19 viaja em janeiro para a disputa da Copa São Paul de Futebol Junior, e já definiu a delegação, mas guarda os nomes dos jogadores em sigilo.

(Luiz Guilherme Ramos/Diário do Pará)

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.