Jogo das Estrelas: Ganso e amigos fazem festa solidária no Mangueirão

20/12/2012

Craque do São Paulo reuniu amigos para

partida festiva em Belém. ex-jogador

Giovanni Oliveira foi ‘adversário’ do

camisa 8 tricolor

 

jogo das estrelas Belém (Foto: Pedro Cruz / Globoesporte.com)Partida contou com a presença de vários jogadores famosos no Pará e no Brasil, além de amigos particulares de PH Ganso. (Foto: Pedro Cruz / Globoesporte.com)

Foi uma noite de festa e solidariedade no Mangueirão. O meio-campista Paulo Henrique Ganso realizou, pela quarta vez, o Jogo das Estrelas em Belém do Pará, sua cidade natal. Além da arrecadação de 25 toneladas de alimentos não perecíveis que serão doados ao projeto Mesa Brasil, do SESC, a edição de 2012 contou com vários jogadores renomados tanto no futebol nacional quanto em nível local. Até o craque Giovanni, um dos responsáveis pela ida de Ganso ao Santos, esteve presente, jogou os 90 minutos e ainda negou problemas pessoais com o camisa 8 do São Paulo.

– Foi uma noite mais do que especial porque estão aqui grandes craques da música, do nosso futebol paraense e do Brasil inteiro, além, claro, de poder ajudar muitas pessoas, que é o mais importante – disse Ganso.

A tradicional chuva na capital paraense atrapalhou o início do espetáculo, que começou com cerca de uma hora de atraso, mas de nada incomodou o público presente, vibrante com a entrada de Ganso no gramado do Estádio Olímpico do Pará, o Mangueirão. O ídolo do São Paulo e do Pará foi aplaudido de pé pelos cerca de 13 mil espectadores presentes. O placar final foi 4 a 4 (veja os gols no vídeo acima). O “dono da festa” jogou a partida inteira na equipe azul, ao lado do ex-companheiro de Santos, o meiaIbson, o lateral-direito do Paysandu, Yago Pikachu e o atacante Osvaldo, parceiro de São Paulo, que foi um dos destaques da noite ao marcar dois belos gols.

– A gente já jogou junto no domingo, no meu jogo lá em Fortaleza, e agora é mais um jogo festivo aqui (em Belém). Cada vez mais a gente vai se conhecendo e espero que no próximo ano, não só ele, como eu e toda a equipe (do São Paulo) possa estar afiada para ganhar os títulos e dar alegria a toda a nação são-paulina – revelou Osvaldo.

Paulo Henrique Ganso e Osvaldo, companheiros de São Paulo (Foto: Pedro Cruz / Globoesporte.com)Paulo Henrique Ganso e Osvaldo, companheiros
de São Paulo (Foto: Pedro Cruz/Globoesporte.com)

Completaram o time azul o repórter André Laurent, da TV Liberal, afiliada da Rede Globo no Pará, os zagueiros Charles (Santa Cruz-PA) e Raul (Paysandu), o lateral Marlon (Criciúma), os volantes Dadá (Náutico) e Guilherme (Remo sub-17), os meias Reis (Atlético-GO) e Andrey (ex-Paysandu), os atacante Roma (ex-Flamengo) e Junior Amorim (ex-Independendente-PA), além de alguns amigos pessoais de Ganso.

A equipe amarela foi comandada pelo ex-jogador Giovanni Oliveira, de volta aos gramados vestindo a clássica camisa 10 que o acompanhou no Santos e no Olympiakos-GRE. O craque paraense, que também jogou no Barcelona e disputou a Copa do Mundo da França pela seleção brasileira, gostou de relembrar os tempos de jogador.

– Foi bem legal voltar a sentir novamente o calor da torcida e rever os amigos. Acabei não marcando gols hoje, bem que tentei, mas quando a idade chega não tem jeito – brincou Giovanni, que também comentou brevemente a polêmica de que teria brigado com PH Ganso no passado.

Ganso e Giovanni: ex-jogador desmentiu ter problemas com o camisa 8 são-paulino (Foto: Pedro Cruz / Globoesporte.com)Ganso e Giovanni: ex-jogador desmentiu ter problemas com o camisa 8 são-paulino (Foto: Pedro Cruz / Globoesporte.com)

– Besteira. Todo mundo viu aqui que não teve nada disso – explicou.

Junto de Giovanni, atuaram pela equipe amarela o goleiro Paulo Wanzeler, os laterais Cicinho (Ponte Preta) e Wellington Saci (ex-Vitória-BA); os meias Giovanni Augusto (Criciúma), Lineker (Paysandu), Betinho (Ponte Preta) e Gian (ex-Remo e Vasco); e os atacantes Zé Augusto (Paysandu), Paulo Rangel (Muang Thong Utd, da Tailândia) e Moisés (Paysandu).

O evento beneficente contou com o apoio da TV Liberal, afiliada da Rede Globo no Pará. Para acompanhar de perto o jogo festivo, os torcedores não precisaram comprar ingressos, sendo necessário apenas a doação de dois quilos de alimento não perecível. No total, 25 toneladas de alimentos foram arrecadados, que serão encaminhados ao projeto Mesa Brasil, do SESC.

http://globoesporte.globo.com/pa/noticia/2012/12/jogo-das-estrelas-ganso-e-amigos-fazem-festa-no-mangueirao.html

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.