Remo com quase dois times contratados

27/12/2012

 

A apresentação dos novos contratados do Clube do Remo sofreu interferência dos problemas aéreos de final de ano. Nenhum dos três atletas programados para estarem no Baenão na tarde de ontem, às 16 horas, conseguiram chegar a tempo: o voo do volante Júnior Tragodara, 20 anos, e do meio-campo Eduardo, 23 anos, teve atraso de quase três horas e só chegou a Belém próximo das 19 horas. Já o outro meia, Josy, que viria na mesma viagem, perdeu o voo. A diretoria ficou de resolver a situação do jogador ainda hoje.

No Aeroporto Internacional de Belém, os dois atletas falaram rápido com a imprensa. Tragodara expôs que, apesar de pouco tempo como profissional, afirmou estar ansioso para vestir a camisa azul marinho. “Estou apenas dois anos jogando como profissional, mas joguei contra o Remo ano passado, fiz uma boa apresentação, os caras (diretores do Remo) viram e quero repetir o bom futebol”, disse o volante, referindo-se a partida em que o Leão enfrentou o Atlético Acreano, seu último clube, no Brasileiro da Série D desse ano.

O meia Eduardo, também vindo do Atlético Acreano, por sua vez, preferiu falar de sua recuperação física para tentar uma chance nos próximos dias. “Estou há dois meses parado, mas dá para recuperar pelo menos 90% se for logo aproveitado”, acredita o meia, que vem com fama de goleador pelos 13 gols marcados no Campeonato Acreano desse ano. Ambos vinham sentindo dores na coxa e estão em fase final de recuperação. Além deles, o lateral-esquerdo Berg chegou a Belém no final do dia de ontem. Ele se apresenta hoje no Baenão

Outros quatro atletas nem estiveram presentes no Baenão nesta quarta. O goleiro Naylson, lateral-esquerdo Tiaguinho e os atacantes Leandro Cearense e Fábio Paulista, além do preparador físico Wellington Recife, ainda não retornaram de viagem após o a folga do Natal, mas, segundo a assessoria de imprensa do clube, devem retornar nesta quinta-feira.

Com essas contratações, o número de aquisições no Baenão já chega ao número de 21. A diretoria ainda quer um lateral-direito e um camisa 10 que possa ser o grande armador do time. Em contrapartida, a contratação do lateral-direto Léo Rosas, ex-Águia de Marabá, foi descartada pela diretoria do Leão. “Não chegamos a um acordo com o jogador e decidimos que é melhor ele ficar no time que está (Santa Cruz de Cuiarana)”, informou Sérgio Dias, diretor de futebol.

Leãozinho pode fazer uma ferida…

São Paulo, aí vamos nós, colorir você de azul marinho. Essa será a missão dos 20 jogadores listados para representar o Clube do Remo na Copa São Paulo de Juniores 2013. Com a viagem programada para depois da virada do ano, precisamente às 1 hora da manhã do dia primeiro de janeiro, o Leãozinho vai cheio de esperança.

O atual elenco, comandado pelo técnico José Neto, é formado por vários atletas com experiência no torneio. A maioria já esteve em duas ou três outras edições do tradicional campeonato voltado a atletas até 20 anos, como Jayme, Alex Ruan, Igor João e Gabriel. Além disso, alguns já atuaram no profissional do Remo.

“Estamos focados desde o início do ano, soubemos dividir tarefa para nada atrapalhar nossa preparação. Nosso time já joga há bastante tempo junto, então podemos fazer uma boa apresentação”, confia o técnico Neto. O apoio do time profissional veio dos treinamentos propostos por Flávio Araújo, que se utilizou dos atletas da base para treinar contra seus jogadores. Ele também pretende absorver quatro atletas desse time no retorno à Belém. Antes de viajarem, um amistoso pode ser feito.

O Mais Querido está no grupo V, com sede em Jaguariúna, juntamente com Corinthians, São Mateus e o Santos Futebol Clube, esse último, o adversário da estreia, dia 4, a partir das 16h (horário de Brasília).

(Diário do Pará)

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.