Ex-Fla, Rodrigo Alvim agora é do Papão

10/01/2013

 

Os reforços pretendidos pela diretoria do Paysandu estão praticamente definidos. De acordo com as pretensões do técnico Lecheva em ter aproximadamente 10 contratações para a temporada, oficialmente já são oito nomes confirmados. A bola da vez é o lateral esquerdo Rodrigo Alvim, de 29 anos, que passou recentemente pelo Joinville (SC), e já tem desembarque na capital previsto para os próximos dias e tem contrato de um ano com o clube.

Inserido dentro do proposto pela diretoria, de poucas e boas contratações, Alvim é um jogador que se pode chamar de “rodado”. Iniciou carreira no futebol atuando pelo Grêmio, depois passou por Caxias (RS), Vila Nova (GO), Paraná, em seguida seguiu rumo ao velho mundo, e por lá jogou em Portugal e na Alemanha. De volta ao Brasil, em 2010, foi direto para o Flamengo e lá conquistou o estadual de 2011, até seguir para o Joinville, onde jogou até o ano passado.

“Estamos trabalhando dentro das expectativas fixadas entre a comissão técnica, a diretoria e a gerência. Agora estamos atrás de um atacante para substituir o que seria o Marcelo Nicácio, que não virá mais para o Paysandu. O Alvim assinou contrato de um ano e já vem para reforçar o time no Campeonato Paraense”, explica o diretor de futebol do clube, Clodomir Araújo Jr. A lateral esquerda tem sido uma das grandes preocupações do técnico bicolor, depois que o clube perdeu o ex-titular, Rodrigo Fernandes.

Contudo, após o novo reforço, a base de contratações está praticamente fechada e os esforços se voltam novamente para o ataque, que já tem Iarley como principal atração.

Capanema e Pikachu trabalham separados em Barcarena

No oitavo dia da pré-temporada do Paysandu, no município de Barcarena, a delegação trabalhou em apenas meio período. Pela manhã, os jogadores fizeram um treino coletivo no estádio municipal Laurival Cunha, mas antes estiveram presentes na escola municipal Marcus Martins Magno, onde conversaram com os alunos, tiraram fotos, enfim, uma visita social que rendeu vários sorrisos às centenas de crianças que puderam ver de perto seus ídolos.

Já na parte da tarde, um a um, os atletas passaram por uma entrevista com a nutricionista do clube, Bianca Sousa, que cuida da parte alimentar do plantel. Em relação ao time do técnico Lecheva, poucas modificações no trabalho com bola, mas a base vai sendo desenhada com a seguinte formação: Zé Carlos; Djalma, Thiago Costa, Diego Bispo, Pablo; Vanderson, Esdras, Lineker, Gaibu, Rafael Oliveira e João Neto.

No bate-bola, os titulares venceram os reservas por 3 a 1, com gols de Rafael Oliveira e João Neto para o principal, e Héliton para os reservas. As únicas ausências foram de Yago Pikachu e Ricardo Capanema. “O caso do Pikachu está totalmente assintomático, mas faz parte do planejamento com a fisioterapia e o departamento físico, fazer um trabalho sem impacto, visando o coletivo desta sexta-feira e se estiver tudo bem, ele vai poder trabalhar já visando o jogo de domingo”, explica o médico Flávio Freire.

“Já o Ricardo (Capanema) amanheceu com uma tendinite no adutor e também na região posterior do joelho e a preventiva, em comum acordo com o departamento físico, resolvemos fazer um trabalho de alongamento também poupando o atleta para os últimos dias e a estreia do fim de semana”, prossegue o integrante do departamento médico bicolor. Apesar das dúvidas, o Paysandu deve entrar completo contra o São Francisco.

Fonte: (Diário do Pará)

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.