Leandro Cearense manchou a sua atuação

08/02/2013

 

O atacante Leandro Cearense foi o grande destaque da partida de ontem, em Marabá, na vitória de 3 a 2 do Clube do Remo. Leandro marcou duas vezes e abriu o caminho para as semifinais do primeiro turno. O segundo gol foi uma pintura: passou pelo zagueiro e, com muita categoria, deu um toque por cima do goleiro Adriano. Os dois foram protagonistas de lances denescessários também.

Leandro chamou a atenção no lance mais inusitado da partida que gerou uma confusão generalizada no Zinho Oliveira. Pelas imagens da TV, após uma disputa com o goleiro Adriano, do Águia, o atacante remista bateu no arqueiro após ser empurrado pelos defensores do Azulão.

Na versão de Leandro, porém, ele conta que Adriano agrediu o zagueiro e capitão azulino, Carlinho Rech, primeiramente, e por isso ele revidou. “O Adriano chegou a chutar o Carlinho, e eu cheguei e falei: ‘Calma, Adriano’. Mas aí ele me deu soco e eu bati nele também”, explicou.

Adriano, ex-xodó da torcida do Remo, não apareceu para dar entrevista. Mas foi nítido que a expulsão o deixou revoltado. Cearense não joga a primeira partida da semifinal. “Estou feliz pra caramba pelos dois gols e pela classificação, mas muito triste pela minha expulsão. Ainda não tinha acontecido na minha carreira”, conta.

(Diário do Pará)

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.