Paysandu vence o Remo e é o campeão do 1º turno

04/03/2013

 

Mais de 40 mil pessoas lotaram o Mangueirão neste domingo para assistir à final da Taça Cidade de Belém. Apenas metade delas, porém, saiu do estádio cantando. A decisão marcou a atuação do zagueiro Raul que teve uma terde mais do que inspirada. O jovem jogador paraense revelado pelo Remo se disse muito injustiçado por parte da imprensa e que agora está de alma lavada após marcar dois gols na final do primeiro turno contra o seu ex-clube.

Após a primeira partida da final reservar fortes emoções, os noventa minutos restantes também não decepcionaram. Se no jogo passado o Remo saiu comemorando o empate com gosto de vitória no finalzinho da partida com o gol de Zé Antônio, agora a Fiel Bicolor é que sai festejando do Mangueirão.

O JOGO

Apesar do Remo ter tomado iniciativa no primeiro tempo, foi o Paysandu que marcou primeiro. O zagueiro após receber cruzamento na cobrança de escanteio, marcou de cabeça. O goleiro Fabiano até tentou defender, mas o defensor remista escorregou e a bola foi parar nas redes do Leão.

Dez minutos depois, o Remo empatou com Leandro Cearense após aproveitar a cobrança de falta que o goleiro Zé Carlos que rebateu e sobrou livre para o atacante azulino deixar tudo igual no Mangueirão.

No segundo tempo de jogo, o espetáculo ficou mais para o lado bicolor. Com a saída de Fábio Paulista, o técnico Flávio Araújo ficou sem opções para puxar o contra-ataque. O time bicolor se aproveitou disso e dominou o setor de meio-campo.

Aos 42 minutos do fim da partida, Raul, o dono do jogo pelo lados dos bicolores e herói do título, mais uma vez aproveitou a cobrança de escanteio e deu o título da Taça Cidade de Belém para o Paysandu.

A torcida do Paysandu canta e vibra muito testemunhando cada lance da volta olímpica dos jogadores do Paysandu ao redor do estádio Mangueirão.

(Ronald Sales/DOL)

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.