Intimados a ganhar do Paysandu

06/03/2013

 

Após uma grande campanha na fase de classificação, o São Francisco Futebol Clube se despediu da Taça Cidade de Belém com duas derrotas para o Paysandu, a última delas por um placar humilhante de 6×1. Agora, para o segundo turno, o Leão Azul do Tapajós tenta retomar os bons resultados justamente enfrentando seu algoz bicolor. E o técnico azulino Osvaldo Monte Alegre vai ter dificuldades para montar a equipe para a estreia na Taça Estado do Pará.

Sem poder contar com o volante Boquinha e o atacante Eliélton, suspensos pelo terceiro cartão amarelo, Osvaldo perdeu para o resto da competição o meia Caçula, um dos destaques do time com cinco gols marcados. “O atleta sofreu uma lesão nos ligamentos do joelho direito. Agora ele vai passar por uma artroscopia e deve ficar de quatro a seis meses longe dos gramados” afirmou o médico do clube Bruno Moura.

Como se não fosse o bastante, Osvaldo afastou os laterais Maurian e Sidvan, que não compareceram ao jogo treino contra a seleção de Juruti na semana passada e não tiveram suas justificativas aceitas pelo treinador. O técnico vem com apenas uma dúvida, se entra em campo com o volante Kiko ou lança o time com 3 zagueiros – Talis, Perema e Aldair – liberando os laterais para avançar.

“Sabemos da qualidade do adversário. Foram campeões do primeiro turno e tem um grande elenco, mas o nosso time tem a obrigação, após as últimas partidas, de vencer diante do nosso torcedor” disse Osvaldo Monte Alegre. O São Francisco tentou viabilizar a contratação de dois jogadores, mas perdeu o prazo para fazer a inscrição. O único reforço da equipe pro segundo turno é o atacante Junior Peitão, oriundo da seleção de Monte Alegre, que a principio não deve começar jogando.

(Diário do Pará)

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.