Arbitragem paraense é mais uma vez questionada

14/03/2013

 

Já não se sabe o quanto as críticas à arbitragem paraense estão sendo consideradas exageradas ou não, porém, o que não se pode negar é que ela está sendo um dos assuntos mais recorrentes nas pautas do jornalismo esportivo local nas últimas semanas do que o próprio certame em si, jogado dentro das quatro linhas.

Na partida entre Remo e Cametá, disputada na noite desta quarta-feira (13), no estádio Evandro Almeida, o Baenão, o árbitro Marco Mendonça da Silva, foi alvo de críticas vorazes pelas duas equipes. Sobretudo pelo time do interior, Cametá, que saiu derrotado de campo. Marco foi criticado pelo técnico Ferreti. O treinador e seus jogadores questionaram o lance que originou a penalidade máxima para o Clube do Remo. Os cametaenses afirmaram que na cobrança de falta, o defensor do Mapará apenas protegeu o rosto e não teve a intenção de tocar a bola com as mãos. O goleiro Labilá, chegou a dizer que o Campeonato Paraense perde em credibilidade quando a arbitragem desvia o foco das atenções privilegiando os clubes considerados grandes. “Na dúvida, sempre marcam pra eles (Remo)”, reclamou o goleiro.

ARBITRAGEM DO Re x PA SAI HOJE 

A Federação Paraense de Futebol deve divulgar hoje (14) a lista da arbitragem que vai apitar a quarta rodada da Taça Estado do Pará, o segundo turno do Parazão.

Conforme as diretorias de Remo e Paysandu já anteciparam, pelo menos o árbitro principal será mesmo de fora do estado no Superclássico de domingo (17), às 16h, no Mangueirão, valendo pela quarta rodada do returno.

(Ronald Sales/DOL)

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.