Tuna vence e é forte candidata ao quadrangular

14/03/2013

 

A tarde de ontem foi surpreendente para aqueles que esperavam um jogo morno entre Tuna Luso e Santa Cruz de Cuiarana. Sem tomar conhecimento do adversário, a Águia do Souza reinou soberana dentro de casa  e atropelou o Tigre do Salgado pelo placar de 3×1. Com duas vitórias e uma derrota no segundo turno, a Tuna não lembra nem um pouco aquele time que ficou na lanterna da tabela durante o primeiro turno. Com sete gols em três partidas, a Tuna começa a despontar como uma possível candidata ao quadrangular final desta fase do Parazão. O Santa Cruz, que chegou como forte promessa, começa a assumir a forma de um grande cavalo paraguaio.

No decorrer do primeiro tempo, a Tuna Luso já mostrou ao que veio. Logo aos 13 minutos, Lucas chutou forte e não deu chance de defesa para Marcelo Bonan, que viu a bola balançar o barbante e deixar os donos da casa na frente.

Sem muitas oportunidades concretas, não demorou muito para o Santa Cruz ver mais um gol dos tunantes. Aos 38 minutos, após cobrança de escanteio de Maranhão, preto Barcarena subiu e cabeceou pra dentro do gol. Assim ficou o placar no final do primeiro tempo. A vitória já estava de bom tamanho, mas a lusa queria mais.

O trabalho dentro dos vestiários parece ter sido fraco pelo lado dos visitantes. Com apenas seis minutos da segunda metade da partida, a defesa de Cuiarana se complicou e deixou a bola nos pés de Daniel, que carimbou mais um para conta da Tuna Luso. O Santa Cruz até tentou, mas somente aos 47 minutos balançou as redes, com gol de Fumagalli e viu apenas mais um minuto de jogo até o apito final.

“Conseguimos vencer e isso é o mais importante. Perdemos pro Remo no jogo passado, mas agora conseguimos nossa segunda vitória e vamos tentar manter assim”, afirmou Maranhão, volante da equipe cruzmaltina.

A culpa foi do gramado, foi da chuva… 

O fim da tarde da quarta-feira marcou mais um capítulo de preocupação para o Santa Cruz de Cuiarana. Vindo de vitória fora de casa contra o São Francisco, a equipe do salgado paraense chegou ao Souza certa de que poderia sair com um bom resultado e manter uma boa campanha. Mas isso não aconteceu e o rico time do interior só passou vergonha diante da Tuna Luso. Perdendo por 3×1, o time saiu cabisbaixo, procurando melhorar para as próximas partidas do Parazão.

Só resta arrumar culpados. E o gramado do campo do Souza foi o vilão escolhido pelo Santa Cruz para justificar a apatia durante a partida. “Tem que levantar a cabeça, fizemos um bom resultado fora na semana passada e chegamos aqui e encontramos um campo nesse estado, que dificultou a prática do futebol, mas isso não é desculpa para a derrota”, afirmou o zagueiro do Santa Cruz, Charles, sendo até incoerente.

O campo foi alvo das críticas do treinador Sinomar Naves, que responsabilizou a chuva pelo desempenho do time e ainda colocou os gols adversários na conta dos erros do próprio San Cruz. “Nossa equipe não se adaptou ao gramado, temos jogadores que nem treinaram na chuva. Após a vitória em Santarém, esperávamos que a equipe pudesse render, mas não aconteceu. Os gols que tomamos foram mais por infelicidade nossa mesmo”, afirmou o treinador.

(Diário do Pará)

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.