Parazão pode ser retomado nos dias 20 e 21

11/04/2013

 

Que a situação não está boa para a Federação Paraense de Futebol, isso todos já sabem. Pior situação só para os torcedores que ficam sem vibrar por suas equipes e os próprios times, que seguem com o futuro indefinido por conta de ações realizadas fora do gramado. A situação ganhou novos ares com a definição de uma sessão extraordinária no Tribunal de Justiça Desportiva do Pará, onde as questões legais responsáveis por impedir a bola de rolar, serão julgadas e podem permitir que o futebol volte, para alegria geral da nação. Mas, a situação da FPF ainda promete dar muito pano pra manga. Ainda sem saber a data dos jogos, a FPF ainda tem que se preocupar com investigações na instituição.

Responsável pela organização da tabela no caso da volta do campeonato, o diretor da FPF, Paulo Romano declarou que os jogos provavelmente voltarão no próximo final de semana. “Caso a decisão seja favorável ao campeonato, nós marcamos os jogos. O que impossibilita de começarmos mais cedo é o calendário de Remo e Paysandu, que jogam na quarta-feira pela Copa do Brasil (não é o caso do Paysandu, que eliminou o jogo de volta). Nada é definitivo, mas é provável que as datas sejam novamente no sábado e domingo”, afirmou.

O julgamento, porém, não é a única preocupação da entidade máxima do futebol paraense. O Deputado Federal, Alfredo Costa, anunciou o requerimento de uma CPI para investigar a Federação. Em uma rede social, o Costa justificou os motivos que o levaram à pedir a investigação. “Defendi da tribuna da ALEPA a instalação de uma CPI para investigar as denúncias no futebol paraense. O torcedor paraense não aceita tanta incompetência e corrupção no nosso futebol”, publicou Alfredo.

(Diário do Pará)

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.