LIGA DOS CAMPEÕES: Pela terceira vez, Borussia Dortmund e Real Madrid se enfrentam

24/04/2013

 

Campinas, SP, 23 (AFI) – A quarta-feira promete ficar para a história do futebol mundial. Isso porque, o Borussia Dortmund enfrenta o Real Madrid, às 15h45 (de Brasília), no Westfalenstadium, na Alemanha. Esse é um dos mais aguardados duelos do futebol europeu dos últimos tempos. Os dois times vão fazer o jogo de ida das semifinais da Liga dos Campeões.

No sorteio realizado na última sext-afeira, na sede da Uefa, na cidade de Nyon, na Suíça, definiu que alemães e espanhóis ficaram frente a frente na briga pela classificação à final. Além de Borussia Dortmund e Real Madrid, Bayern de Munique e Barcelona disputam a outra vaga para a decisão, que será disputada em Wembley.

Com a definição, a Liga dos Campeões pode ter o maior clássico espanhol na decisão: Real Madrid e Barcelona. Outro confronto local, entre times que têm dominado o futebol alemão recentemente, acontecerá se Bayern de Munique e Borussia Dortmund se classificarem.

Estes são quatro dos maiores clubes europeus, todos já campeões da Liga. No total, são 18 títulos combinados em 58 anos de história da competição; nove do Real, quatro do Barcelona, quatro do Bayern e um do Borussia. Os jogos de volta estão marcados para 30 de abril e 1ª maio.

O jogo de quarta-feira colocará frente a frente dois times que vem encantando o mundo de formas diferentes, o Real Madrid com os gols de Cristiano Ronaldo e o Borussia por ter um time entrosado. Os alemães jogam a primeira partida no Westfalenstadium. A partida de volta está marcada para o Santiago Bernabéu. Para chegar a esta fase da competição, o time de Jürgen Klopp eliminou o Shaktar Donetsky, nas oitavas, e o Málaga, nas quartas de final. Os madrilenos também tiveram grandes adversários e passaram por Manchester United e Glatasaray para avançarem às semifinais.

O jogo de quarta-feira colocará frente a frente dois times que já se enfrentaram na primeira fase da competição. Quem se deu melhor foi o Borussia que venceu em sua casa por 2 a1 e empatou fora de seus domínios em 1 a 1.

Bola no artilheiro

 

O técnico José Mourinho já divulgou a equipe que vai começar jogado a partida contra o Borussia Dortmund. A única dúvida está no ataque. O filho do argentino Di Maria nasceu e não é certeza que o ponta dos Merengues atue. A atitude do português de revelar o time titular se deve porque, na visão do treinador, na fase em que o Real está, não é mais necessários usar “artimanhas”, já que todas as equipes estão no mesmo nível.

Sobre a polêmica com Iker Casillas, Mourinho disse que a relação com o goleiro é estritamente profissional, de educação, entre duas pessoas que são educadas. O treinador mantém Diego López no gol, contrariando parte da torcida que tem no camisa 1, um ídolo.

Sem Casillas, mas com Cristiano Ronaldo. O português é o artilheiro da Liga dos Campeões com 11 gols e o principal jogador do Real Madrid. Em grande fase com a camisa Merengue, o clube confia muito no atacante e espera que ele seja mais uma vez decisivo. Quem não tem todo esse prestígio no time de Mourinho, mas foi selecionado para o jogo, foi o ex-São Paulo Casemiro, que fez boa partida no final de semana e está relacionado.

Força da torcida

O Borussia é o único time invicto na Liga dos Campeões e quando joga em casa, é praticamente impossível bater os alemães. A torcida não para de apoiar um minuto e não vai ser diferente contra o Real Madrid.

O técnico Jürgen Klopp recebeu uma bomba nessa terça-feira, isso porque foi confirmada a contratação do melhor jogador da equipe, Mario Götze, foi contratado pelo rival, Bayern de Munique. Como não podia ser diferente, o técnico teve de responder diversas perguntas sobre a transferência, tanto que o jogo acabou sendo deixado de lado.

O treinador falou que sabia da saída do jogador 24 horas depois da vitória em cima do Málaga. Ele assegurou que o foco dos jogadores é na partida e nada vai fazer com que isso mude. Questionado o porque da divulgação na semana de um jogo decisivo, Klopp não soube responder o motivo, mas deixou no ar o por que. Para finalizar, ironizou o acontecido, dizendo que Götze queria ser treinado por um técnico extraordinário, mas que ele não podia encolher 15 cm, começar a falar espanhol e ensinar o jeito “tiki-taka” de Guardiola. O novo treinador do rival que pediu a contratação do meia da Seleção Alemã.

Com um time bem entrosado, o Borussia quer vencer em casa e de preferência sem tomar gols, para chegar em Madrid com uma boa vantagem. A engrenagem que vem funcionando e encantando o mundo deve ser a mesma que vai começar o jogo nessa quarta-feira. Com destaque para o trio ofensivo formado por Götze, Reus e Lewandowski, artilheiro do clube nessa Liga dos Campeões com seis gols.

Confira os jogos das semifinais da Liga dos Campeões:

Terça-feira

15h45

Bayern de Munique 4 x 0 Barcelona

Quarta-feira

15h45

Borussia Dortmund x Real Madrid

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.