Re x Pa de sábado pode ser historicamente regional

26/04/2013

 

Os problemas de Remo e Paysandu, no que diz respeito  as suas escalações, pode servir para um fato que há tempos não é registrado no Campeonato Paraense.

As baixas nos dois times em virtude das suspensões por cartões amarelos e de jogadores entregues aos seus respectivos departamentos médicos, enchem os jogadores da base de esperança para atuarem em seu primeiro superclássico da Amazônia. Responsabilidade que pode ser um verdadeiro divisor de águas na carreira destes atletas.

Uma boa atuação no Re x Pa pode servir para marcar a trajetória de um jogador de forma positiva no clube. No entanto, uma atuação deficiente deve fazer com que a torcida não dê crédito ao atleta.

No Remo, o zagueiro Henrique, mesmo com virose, deve ser o único jogador de fora do estado a compor o setor de defesa do Leão Azul, pois Zé Antônio sentiu os sintomas da famigerada virose que assola o Baenão. O jogador será reavaliado ainda hoje pelo médico do Remo, Ricardo Ribeiro.

No Paysandu, as ausências de Ricardo Capanema, Raul e Héliton estão sendo trabalhadas por Lecheva que testa os substitutos mais prováveis. Billy e Esdras disputam a vaga de Capanema.

No Re x Pa de amanhã onze jogadores poderão figurar entre os titulares. No Remo: Yan, Gabriel, Endy, Jhonnatan e Alex Ruan. No Paysandu: Paulo Rafael, Pikachu, Billy, Thiago Costa, Pablo e Djalma.

(Ronald Sales/DOL)

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.