São Paulo 1 x 2 Atlético-MG – Tardelli brilha, Lúcio é expulso e Galo vira

03/05/2013

 

São Paulo, SP, 02 (AFI) – A síndrome do São Paulo diante de times brasileiros na Libertadores da América parece não ter fim. Na noite desta quinta-feira, o Tricolor Paulista, que jogou a maioria do tempo com um jogador a menos, deu sinais de que iria sair do Morumbi, lotado, com um resultado positivo, mas acabou caindo de produção e perdeu para o Galo por 2 a 1, pela partida de ida das oitavas de finais.

Com cinco eliminações por times brasileiros na Libertadores seguidas, o São Paulo continua com retrospecto negativo diante do Atlético-MG na competição. Contando esta partida, o Galo venceu o Tricolor em quatro oportunidades, empatou duas e perdeu apenas uma, no último confronto entre os dois, ainda na fase de grupos.

Para garantir a classificação às quartas de finais, o São Paulo precisa vencer o Atlético por dois ou mais gols de diferença, no Estádio Independência. A diferença mínima só dará a vaga ao Tricolor, caso este balance as redes em três ou mais oportunidades. Já o Atlético pode perder de 1 a 0, que estará classificado. Caso o jogo termine em 2 a 1 para o time de Ney Franco a decisão será nos pênaltis.

O jogo de volta entre Atlético e São Paulo está marcado para a próxima quarta-feira, às 22h, no Independência. O vencedor do duelo enfrentará o ganhador da partida entre Tijuana-MEX e Palmeiras. Na partida de ida as equipes ficaram no 0 a 0.

Saiu na frente, Lúcio expulso, e tristeza no final…
A última vez que São Paulo e Atlético-MG se enfrentam, no Estádio do Morumbi, o Galo foi irreconhecível e perdeu por 2 a 0, o que rendeu a classificação do Tricolor Paulista para a segunda fase da Copa Liberadores deste ano. E nesta quinta-feira, o início do jogo lembrou muita da partida de semanas atrás. O clube da capital de São Paulo atacando e o mineiro só se segurando.

Em um desses ataques do São Paulo, Jadson abriu o placar. Logo aos oito minutos da primeira etapa, Ganso tirou a marcação e rolou para Jadson bater no canto esquerdo de Vítor, colocando o Tricolor na frente no placar. O gol animou mais ainda o clube paulista que foi para cima e perdeu uma chance inacreditável com Ademílson. O atacante, que entrou no lugar de Aloísio, machucado, recebeu dentro da area, livre, mas acabou isolando a bola.

Aos 30 minutos, Ademílson, de novo, chegou com perigo e por pouco não deixou o seu. O atacante entrou pela diagonal e chutou forte, mas Víctor salvou o Atlético-MG. Dois minutos depois, Ademílson, invadiu a area, ganhou do zagueiro, mas acabou chutando para fora.

Após grande domínio do São Paulo, o zagueiro Lúcio entrou de forma imprudente em Bernard e foi expulso. Com um a mais, o Atlético foi para cima e conseguiu o gol de empate. O meia fez belo lançamento na cabeça de Ronaldinho Gaúcho, que só testou para o fundo das redes de Rogério Ceni.

Tardelli fez contra ex-time e deixou o Galo na vantagem…

O segundo tempo começou totalmente diferente do que foi na primeira etapa. O Atlético dominou o meio de campo, mas não conseguia furar o bloqueio do São Paulo, que voltou com uma postura mais defensiva. O Galo só conseguiu chegar com perigo aos 11 minutos. Ronaldinho Gaúcho deu lindo passe para Jô, que chutou por cima do gol de Rogério Ceni. Em seguida, o Tricolor Paulista respondeu. Ganso lançou Osvaldo, o atacante tirou de Víctor, mas Marcos Rocha tirou a tempo.

O lateral se empolgou e o foi para o ataque, fez linda jogada e deixou Diego Tardelli na cara de Rogério Ceni, que só tirou do goleiro para marcar contra o seu ex-clube e o segundo do Atlético. Aos 24 minutos, Richarlyson entrou pela esquerda, chutou com perigo, mas Ceni fez a defesa, impedindo o terceiro do Galo.

Aos 30, de falta, Ronaldinho Gaúcho quase fez mais um. O meia chutou forte e a bola tirou tinta da trave. No último lance da partida, o Atlético ficou muito perto do terceiro e de praticamente carimbar a classificação. Carleto perdeu a bola no meio de campo, Ronaldinho montou o contra-ataque e tocou para Luan. O atacante entrou na area e tocou forte para Rosinei, que por pouco não chegou a tempo para concluir à gol.

http://www.radioclubedopara.com.br/noticia.php?nIdNoticia=36274

 

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.