Libertadores: Fluminense luta no Paraguai por vaga às semifinais

29/05/2013

 

Rio de Janeiro, RJ, 29 (AFI) – O Fluminense faz nesta quarta-feira a sua partida mais importante do ano até agora. Em Assunção, o time enfrenta o Olimpia no jogo de volta das quartas de final da Libertadores, depois do empate por 0 a 0 em São Januário, na semana passada. Assim, precisa da vitória ou do empate com gols diante dos paraguaios, a partir das 22 horas, para manter o sonho de conquistar o título inédito na competição continental.

O técnico Abel Braga fez mistério sobre a escalação da equipe, que pode ter no meio-de-campo Thiago Neves, Rhayner ou Rafael Sóbis. Ele fechou para a imprensa o último treino antes do jogo, realizado no estádio do Sportivo Luqueño, em Assunção.

A atividade seria no Defensores Del Chaco, local da partida desta quarta-feira, mas a Associação Paraguaia de Futebol não liberou o treino com chuteiras, só tênis. O Fluminense, então, decidiu transferir sua atividade para outro estádio – o ex-meia paraguaio Romerito, ídolo nas Laranjeiras, defendeu o Sportivo Luqueño antes de ir para o Rio.

Apesar da dificuldade, o zagueiro Leandro Euzébio confia na vitória. “Respeitamos o Olimpia, mas temos tudo para sair classificados. Eles foram lá (ao Rio) para poder marcar e conseguiram. Tivemos um volume muito grande de jogo e acredito que aqui possamos aumentar a posse de bola”, disse o jogador.

Na expectativa de ser titular, o atacante Rafael Sóbis não teme a catimba paraguaia ou a pressão da torcida. “Não vai acontecer com a gente. Somos uma equipe que tem muitos jogadores rodados. Esperamos levar isso para dentro de campo e que seja um fator a favor para nós”, disse o jogador.

Fonte: http://www.radioclubedopara.com.br:82/noticia.php?nIdNoticia=37606&nTipo=1

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.