Lecheva: falta de atenção foi crucial para empate

01/06/2013

 

O Paysandu chegou nesta sexta-feira (31) ao seu terceiro jogo no Campeonato Brasileiro da Série B e ainda não conseguiu vencer. O novo empate em casa por 1 a 1, desta vez contra o América-RN – na primeira rodada o Bicola fez o mesmo resultado contra o ASA-AL -, deixou o Papão na 16ª posição na competição, correndo o risco de entrar na zona de rebaixamento caso ABC-RN ou Bragantino-SP vençam suas partidas.

Após o duelo desta noite, o técnico do Papão, Lecheva, analisou o resultado e o comportamento de sua equipe, centrando suas críticas na falta de atenção de seus comandados.

“Nós deixamos de jogar depois que fizemos 1 a 0 e isso não podemos aceitar, até porque a gente gritou e pediu para que a equipe continuasse marcando em cima. Esta postura não condiz com o que a gente pediu e com o estilo de treino que fazemos. Está acontecendo alguma coisa aí, tem uma ansiedade grande, que não sei se é pela primeira vitória. É algo que temos que descobrir logo para tentar reverter”, analisou.

Além de avaliar positivamente a estreia do volante Zé Antônio, a quem Lecheva elogiou pela boa saída de bola, o treinador bicolor também falou o que falta para que o Bicola volte ao caminho das vitórias.

“Maior atenção no setor defensivo, maior comunicação entre todos os atletas e criar mais jogadas para os atacantes. São principalmente essas três coisas que faltam para a gente. Também não sei se é o gramado que está atrapalhando, vamos tirar a dúvida na terça-feira (4), quando jogaremos no Mangueirão”, disse.

A delegação bicolor retornou para Belém logo depois do jogo em Paragominas e deve voltar a trabalhar com bola no domingo (2). Lecheva terá somente dois dias para trabalhar antes do próximo confronto bicolor.

(Felipe Melo/DOL, com informações da Rádio Clube do Pará)

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.