Elenco bicolor deve diminuir ainda mais

24/06/2013

 

Depois de liberar quatro jogadores do elenco profissional para as divisões de base na última sexta-feira (21), o técnico Givanildo Oliveira garante que até a volta do Paysandu ao Campeonato Brasileiro da série B o elenco bicolor ficará ainda mais enxuto.

O goleiro Paulo Eduardo e os meias Araújo e Castanhal foram devolvidos para o sub-20, mas, segundo o treinador, eles podem até retornar em outro momento. “Dos juniores, eu vou ficar com o Bruno, atacante. Eu gosto de olhar essa parte e ele já treinou comigo, assim como os outros. Se precisar, eu volto para buscar em definitivo os outros (liberados). Não vai ficar nesse vai e vem. Se eu continuar no Paysandu, eles vão ficar até o dia que estiver no clube”, promete.

Já o zagueiro Thiago Costa (foto), que também foi liberado, não aceitou voltar para a base. Após o término do seu contrato, no próximo dia 30, ele vai deixar o clube. Quanto aos demais, Givanildo explica que a situação é diferente. “Eu vou deixa-los sem trabalhar? Você faz um coletivo, com 20 jogadores, ficam 14 do lado de fora. Não tem condições. Você tem que arrumar um jeito, infelizmente. Que Deus ajude aqueles que saírem, mas nós vamos precisar enxugar o grupo”, ressalta.

Embora a intertemporada do Paysandu em Macapá (AP) tenha sido cancelada, Givanildo diz que a preparação do elenco não será afetada. E ao contrário do que estava previsto, o Papão também não fará amistoso. “Jogo não. Eu tenho que treinar e conhecer melhor alguns jogadores, ficar junto para corrigir os erros do passado. O que altera é a viagem, você ficar seis ou sete dias fora, mas infelizmente não foi possível. Vamos fazer uma programação boa aqui”, finaliza.

(Diário do Pará)

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.