Newell´s Old Boys 2 x 0 Atlético-MG – Galo prova do próprio veneno

04/07/2013

 

Belo Horizonte, MG, 03 (AFI) – O Atlético-MG vem aproveitando como ninguém o apoio de sua torcida na Copa Libertadores, mas na noite desta quarta-feira provou do próprio veneno. Jogando contra mais de 40 mil pessoas e em um Estádio Colosso del Parque que parecia um caldeirão, o Galo perdeu para o Newell´s Old Boys, por 2 a 0, na primeira partida da semifinal. Maxi Rodriguez e Scocco marcaram para os argentinos.

Sem conseguir mostrar seu futebol ofensivo, principalmente por Ronaldinho Gaúcho, Jô, Bernard e Diego Tardelli teram sido anulados pelos adversários, o Atlético-MG agora tentará reverter a vantagem na Arena Independência, onde não sabe o que é perder desde o ano passado. A partida de volta está marcada para a próxima quarta-feira, às 21h50, em Belo Horizonte.

Se quiser conseguir a classificação para a grande final, o Atlético-MG precisará vencer por três ou mais gols de vantagem. Enquanto isso, o Newell´s Old Boys pode perder até mesmo por um gol de diferença. Quem passar vai enfrentar o classificado de Olimpia-PAR e Santa Fé-COL. NA partida de ida, realizada no Paraguai, o Olimpia venceu por 2 a 0.

E a melhor chance foi do Galo!
Apoiado por mais de 40 mil torcedores, que faziam do Estádio Colosso del Parque um verdadeiro caldeirão, o Newell´s Old Boys tentou cozinhar o Galo desde os primeiros minutos e o Atlético-MG encontrava muitas dificuldades para passar do meio-campo. Aos quatro, Maxi Rodríguez pegou de primeira cruzamento de Cáceres e exigiu boa defesa de Victor. Na sequência, Pablo Pérez mandou por cima.

Apesar de ter mais posse de bola, o time argentino também não conseguia chegar com muito perigo, mas as vezes assustava Victor. O artilheiro Scocco soltou a bomba e exigiu mais uma defesa do goleiro atleticano. A primeira oportunidade do Galo aconteceu apenas aos 25. Após cruzamento para a área, Guzmán não conseguiu segurar e deixou a bola escapar. O goleiro, porém, conseguiu se recuperar antes que Jô aparecesse para completar.

O Newell´s Old Boys controlava a partida e tentava achar um espaço no sistema defensivo brasileiro, enquanto o Atlético apostava no contra-ataque. E foi justamente assim que por muito pouco não abriu o placar, aos 41. Após roubada de bola, Ronaldinho Gaúcho deu grande lançamento para Bernard, que saiu na cara do goleiro. O meia tentou driblar Guzmán, que saiu muito bem e impediu o gol atleticano.

Complicou…
Assim como no primeiro tempo, o Newell´s Old Boys voltou do intervalo pressionando o Atlético e, em dois lances seguidos, Victor teve que salvar o time mineiro. Aos seis, Bernardi arriscou da entrada da área e o goleiro defendeu. Na sequência, Maxi Rodrígues ficou com a sobra e chutou de bico. Atento, Victor se esticou todo e espalmou pela linha de fundo. A primeira oportunidade do Galo veio em após confusão de Guzmán.

Após bola recuada, o goleiro foi dar um chute e a bola acertou na cabeça de Jô. O atacante levou a melhor e tentou o cruzamento, mas saiu muito fechado e Gusmán defendeu. Aos 16, a pressão argentina surtiu efeito. A zaga atleticana falhou e Maxi Rodríguez apareceu na segunda trave para completar cruzamento de cabeça. Victor apenas observou, já que nada podia fazer. O gol animou ainda mais os torcedores do Newell´s Old Boys, que faziam muito barulho no estádio.

E por muito pouco os argentinos não ampliaram aos 28. Maxi Rodriguez bateu na trave, mas a bola sobrou para o atacante que deu de cabeça. Em cima da linha, Rafael Marques tirou. O rebote ficou com Scocco, que chegou soltando a bomba em cima de Gilberto Silva. O lance inflamou ainda mais a torcida, que quase ficou calada na sequência. Ronaldinho Gaúcho cobrou falta e Jô completou de cabeça. O atacante, porém, foi pego em impedimento.

A situação do Galo ficou ainda pior aos 35. Scocco cobrou falta por fora da barreira e mandou no canto esquerdo de Victor, que se esticou todo e não conseguiu fazer a defesa. O lance matou o Atlético, que não mostrou forças para reagir e parecia preocupado apenas em não levar o terceiro. Já o Newell´s Old Boys continuava com mais posse de bola e administrava a partida.

http://www.radioclubedopara.com.br/noticia.php?nIdNoticia=39368&nTipo=1

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.