Eduardo Ramos quer cautela contra o Atlético-PR

16/07/2013

 

Paysandu e Atlético-PR fazem nesta quarta-feira, na Curuzu, o primeiro dos dois confrontos válidos pela terceira fase da Copa do Brasil. Mandante do primeiro jogo, o time paraense promete não arriscar muito nos 90 minutos iniciais e assim ao menos evitar a derrota. A ideia, segundo o experiente Eduardo Ramos, é não cometer loucuras e transferir a responsabilidade para o rival.

“As dificuldades são muito grandes, mas não cabe fazer nenhuma loucura. No caso de derrota e gols aqui, é muito difícil reverter na casa do adversário, ao mesmo tempo em que é um jogo bom por ser um adversário qualificado. A mínima vantagem que levarmos para lá, transferimos a responsabilidade para eles, então nada de loucura”, disse o meia.

Eduardo Ramos retorna ao Paysandu depois cumprir suspensão no empate de 2 a 2 contra o São Caetano, na última terça, pela Série B, em jogo que a torcida lotou a Curuzu e não deixou de apoiar a equipe, apesar da igualdade conquistada pelos visitantes. Nesta quarta, o meia espera que a torcida se comporte da mesma maneira e ajude o Paysandu a conquistar um bom resultado.

“Tenho certeza que o nosso torcedor vai nos apoiar e incentivar. Espero muito ver a nossa arquibancada bonita, enfeitada pela festa do torcedor. Esse apoio nós vamos retribuir dentro de campo diante do nosso adversário. Agora é um momento que precisamos contar com essa ajuda”, acrescentou.

Pela Série B, o Paysandu volta a campo no sábado, quando visita o Boa Esporte no estádio do Melão, em Varginha (MG). A equipe bicolor soma nove pontos e ocupa o 13º lugar na tabela de classificação.

(Ronald Sales/DOL)

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.