Leão vai antecipar projeto para ano que vem

26/07/2013

 

Depois de uma reunião da diretoria com o técnico Charles Guerreiro (foto), o planejamento para o mês de agosto do Clube do Remo foi montado. A partir da primeira semana do próximo mês, cinco atletas considerados profissionais irão se juntar ao plantel do sub-20 para iniciar os trabalhos visando os próximos meses sem competições oficiais.

O goleiro Fabiano, os zagueiros Henrique e Carlinho Rech, o meia Reis e o atacante Leandro Cearense vão trabalhar com a garotada a partir do próximo dia 5. O volante Jhonnathan e o atacante Val Barreto estão em fase de negociação com a diretoria e possuem boas chances de continuar no clube. “Podemos dizer que o Remo está ‘namorando’ com o Val Barreto. Ele é um jogador que interessa ao Charles e tem empatia com a torcida. O Jhonnathan é um bom garoto, um jogador que todos nós gostamos e não mediremos esforços para ele ficar”, afirma Thiago Passos, diretor de futebol.

O caso de Jhonnathan, inclusive, é tratado diretamente pelo presidente Zeca Pirão e, segundo informações de bastidores, o novo contrato do volante envolveria um aumento salarial e outras regalias, como uma casa nova para a família do atleta. Além desses jogadores, o lateral-esquerdo Alex Ruan e o atacante Jayme vão participar simultaneamente dos dois elencos, tanto o profissional, como o sub-20, já que eles têm 20 anos e ajudarão o Leãozinho, que estará na disputa da Copa Norte da categoria, entre os dias 3 e 11 de agosto.

Já em novembro, o atacante Branco deve retornar do empréstimo de três meses com o Rio Branco (AC) para se juntar ao restante do grupo.

Segundo o novo vice-presidente de futebol, Henrique Custódio, o mês de agosto será dedicado unicamente aos treinamentos, com uma pequena possibilidade de disputar um amistoso no município de Baião, no dia 29. “O mês de agosto vai ser todo voltado para a preparação física, fisiológica, técnica e tática. A partir de setembro é que iremos estabelecer as datas dos amistosos mensais aqui no Baenão”, contou.

Efeito descarrego

Depois do banho da dona Cheirosinha, vendedora de ervas do Ver-o-Peso, os fluidos positivos deram os primeiros sinais no Baenão. Depois de conseguir a vaga na Copa Norte sub-20, ontem, veio uma vitória na justiça. A corregedoria do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) desbloqueou a cota de patrocínio do Banpará. Assim, justiça deve liberar R$ 100 mil ao Leão. Além disso, diretoria azulina está em busca dos direitos federativos do lateral Cicinho, na recente negociação da Ponte Preta com o Santos. Cicinho foi formado nas categorias de base do Remo.

(Diário do Pará)

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.