Com dívida milionária, Bahia pode ir a falência

12/09/2013

 

Salvador, BA, 12 (AFI) – A crise parece não ter fim no Bahia. Depois de toda a polêmica envolvendo a saída do ex-presidente Marcelo Guimarães Filho (foto abaixo), agora o clube está preocupado com uma dívida de quase R$ 84 milhões, fruto das últimas administrações. A informação é do jornal baiano A Tarde.

Numa auditoria realizada pela empresa Performance, de 1.º de janeiro de 2012 até 30 de junho de 2013 foram averiguadas inúmeras irregularidades, e inclusive ações que logicamente comprometeriam o caixa. O valor exato da dívida é de R$ 83.283.385, que se não debitado a um certo prazo ‘pode comprometer a continuidade da entidade’.

Deste valor, R$ 20 milhões foram contraídos apenas nos últimos seis meses. E para ter uma noção da fraca administração de Marcelo Guimarães Filho, em 2012, quando assumiu o presidência, o saldo negativo era de apenas R$ 2,8 milhões, valor alto, mas menor se comparado com o de agora.

Também foi constatado que o Tricolor nordestino adiantou R$ 40 milhões da Rede Globo, cifras referentes às transmissões dos jogos do time no Campeonato Brasileiro. O valor corresponde aos anos de 2012 a 2018. Outra coisa que assustou foi o número de cheques desembolsados pelo dirigente, e com valores altos que aumentam os riscos de alguma irregularidade.

Marcelo foi destituído do cargo de presidente e substitutido, na última segunda-feira, por Fernando Schimidt, que ficará no clube até 2014, quando será realizada uma nova eleição presidencial. Só agora o clube poderá contratar jogadores para não correr maiores riscos de rebaixamento no Brasileirão.

http://www.radioclubedopara.com.br/noticia.php?nIdNoticia=42564&nTipo=3

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.