São Paulo 1 x 0 Ponte Preta – Série B? Deixa para a Macaca!

13/09/2013

 

São Paulo, SP, 12 (AFI) – “Espero retribuir toda essa confiança com resultados dentro de campo”. Foi assim que Muricy Ramalho agradeceu o carinho recebido pelos torcedores quando entrou no gramado do Morumbi na noite desta quinta-feira. E o começo não poderia ser melhor. Apesar do resultado magro (1 a 0), o São Paulo venceu o confronto direto contra a Ponte Preta, em partida válida pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. Luis Fabiano, que gosta de “bater na mãe”, fez seu nono gol contra o clube que o revelou.

O Tricolor voltou a vencer depois de três jogos (duas derrotas e um empate), afastou o momento turbulento que rondava o Morumbi, mas mesmo assim não deixou a zona de rebaixamento. O São Paulo segue na 18ª colocação, com 21 pontos, dois a menos que o Fluminense, 16° colocado. Portuguesa, Bahia, Vasco da Gama, Vitória e Criciúma são os outros times que estão na briga.

Já a situação da Ponte Preta é bastante complicada e o rebaixamento parece iminente. Apesar de ter pedido demissão na última quarta-feira, Ocimar Bolicenho deixou os limitados jogadores e quem vai pagar o pato por isso é o clube campineiro, e seus torcedores. Com a sétima derrota seguida no Brasileirão, a Macaca estacionou nos 15 pontos e é a penúltima colocada, vendo as chances de escapar da degola cada vez mais remotas.

Ataque contra defesa
Inflamada pela volta de Muricy Ramalho, a torcida lotou o Morumbi e iniciou a partida empurrando o São Paulo, que tinha mais a posse de bola. A primeira chance, porém, foi da Ponte Preta aos sete. Fellipe Bastos soltou a bomba em cobrança de falta e a bola passou por cima do travessão de Rogério Ceni. A resposta veio na sequência. Welliton encarou a marcação de Ferron e bateu forte. Bem posicionado, Roberto espalmou para escanteio.

Depois foi a vez de Ganso arriscar e mandar por cima. Aos 17, Antônio Carlos subiu mais que todo mundo e cabeceou para mais uma boa defesa de Roberto. A Macaca errava muitos passes e era totalmente dominada pelo São Paulo. Na sequência, Caramelo cruzou rasteiro e Luis Fabiano pegou de primeira, exigindo grande intervenção do camisa 1 alvinegro. Aos 24, Welliton recebeu grande passe de Ganso dentro da área e chutou por cima.

Após receber bom passe de Maicon, Luis Fabiano finalizou rasteiro e parou em Roberto. Os jogadores do sistema defensivo abusavam de mais dos erros no passe e a bola praticamente não passava do meio-campo. Aos 37, Denilson arriscou de longa distância e o goleiro espalmou para escanteio. A segunda oportunidade da Macaca veio aos 41. Uendel tabelou com Chiquinho e cruzou na cabeça de William, que desviou com muito perigo.

Gol relâmpago e vitória magra
O São Paulo voltou do intervalo pressionando a Ponte Preta e abriu o placar logo aos dois minutos. Ganso deu grande passe para Luis Fabiano, que ganhou na velocidade de Baraka e bateu rasteiro. Dessa vez, Roberto nada pôde fazer. Precisando pelo menos do empate, o técnico Jorginho colocou a Macaca para o ataque com o atacante Rildo no lugar do volante Magal. O empate por muito pouco não saiu em uma falha do sistema defensivo tricolor.

Após cobrança de falta, a zaga não tirou e a bola ficou com Artur, que bateu torto. Mesmo assim, acertou o travessão de Rogério Ceni. Aos 22, Adrianinho cobrou falta para dentro da área e César cabeceou. Bem posicionado junto a trave, o camisa 1 tricolor impediu o empate alvinegro. Na sequência, Adaílton recebeu de Artur na entrada da área e chutou de bico, sem levar perigo ao goleiro adversário. Mais tranquilo com o gol, o São Paulo priorizava a posse de bola.

Luis Fabiano recebeu grande passe de Jadson e bateu de primeira para mais uma boa defesa de Roberto, que salvou a Ponte Preta de levar uma goleada no Morumbi. Alguns jogadores campineiros pareciam ter jogado a toalha pelo rebaixamento do time e praticamente andavam em campo, enquanto os tricolores corriam, davam carrinho e mostravam raça. Aos 44, Brian Sarmiento cruzou e Paulo Miranda desviou antes que Adailton completasse para o gol.

Próximos jogos
Os dois times voltam a campo no próximo domingo, às 16 horas, pela 21ª rodada do Brasileirão. O São Paulo enfrenta o Vasco da Gama, no Estádio São Januário, no Rio de Janeiro, enquanto a Ponte Preta faz mais um confronto direto contra a degola, diante do Flamengo, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

http://www.radioclubedopara.com.br/noticia.php?nIdNoticia=42599&nTipo=3

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.