Flamengo quer manter a boa fase com triunfo em Minas

20/10/2013

 

Rio de Janeiro, RJ, 20 (AFI) – Embalado pela ascensão na tabela de classificação desde a efetivação do técnico Jayme de Almeida, o Flamengo visita neste domingo o Atlético Mineiro, no estádio Independência, em Belo Horizonte, às 16 horas, pela 30.ª rodada do Campeonato Brasileiro, para consolidar a boa fase contra uma equipe que não costuma ceder pontos em seus domínios, com 73,81% dos pontos conquistados como mandante.

No entanto, o clube mineiro vai para o duelo contra o rival carioca com mais de um time de desfalques, entre lesionados e suspensos. Apenas na derrota para o Atlético Paranaense, na última quarta-feira, foram seis jogadores punidos com cartões que resultaram em exclusão do jogo deste domingo.

O Flamengo, por sua vez, comemora o bom momento como resultado justamente da regularidade da escalação do time titular. Jayme de Almeida assumiu o comando com a filosofia de mudar os 11 iniciais o mínimo possível, o que tem conseguido com relativa frequência. Apenas 15 jogadores foram titulares na gestão do antigo auxiliar em oito partidas.

Para enfrentar o atual campeão da América, porém, Jayme de Almeida terá de se esforçar um pouco mais e contar com a base. João Paulo está lesionado e sem previsão de retorno à lateral esquerda. André Santos, que poderia voltar à posição de origem, está suspenso. Assim como o zagueiro Chicão. “Mexo o menos possível na estrutura do time”, admitiu o técnico. “E o time tem rendido. Os jogadores têm confiança. Sabem que se errarem um passe ou um chute não vão sair da equipe”.

Para a lateral, a aposta é Pablo, do time sub-20. No meio de campo, nenhuma dúvida. Luiz Antônio, o reserva que atuou em todos os jogos sob seu comando, entra e libera Elias para avançar. Na zaga, o chileno González retoma posição ao lado de Wallace. Mesmo com essas mudanças, o time vai manter a postura tática apresentada consistentemente com Jayme de Almeida, que disse: “Treinamos muito pouco e temos um time-base. Não posso inventar o que não treinamos. Não posso colocar em campo sem treinamento”.

Fonte: Rádio Clube

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.