Presidente acredita que clube não será punido

24/10/2013

 

Com ainda três partidas a realizar na capital paraense, o Paysandu, através do Departamento Jurídico, prepara a defesa para o julgamento do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), sobre incidentes na partida contra o Avaí-SC, ocorrida na última sexta-feira (18), no estádio da Curuzu, em Belém. O caso ainda não tem data para ser definido pela Justiça Desportiva.

Em entrevista ao DOL, o presidente do Paysandu, Vandick Lima, afirmou que o clube está se preparando para fazer uma boa defesa e escapar de punições como multa e perda de mando de campo. “Temos esperança de não sofrer punição pelo STJD. Estamos apenas levantando provas e aguardando a data do julgamento.”

O dirigente não confirma quais cidades podem receber o Paysandu em partidas da Série B, levantando a possibilidade de o clube paraense ser absolvido. “Não tem nenhuma procura quanto às cidades, até porque acreditamos que o clube seja absolvido e não seja punido.”

O Paysandu terá duas partidas fora de casa e só volta a jogar em Belém no dia 9 de novembro, contra o Oeste-SP.

(Diego Beckman/DOL)

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.