Papão deve processar Torcida Bicolor por protestos

06/11/2013

 

O Paysandu deve processar a entidade “Torcida Bicolor”, ex-Terror Bicolor, e, individualmente, os torcedores responsáveis pelos protestos violentos ocorridos no jogo entre Papão e Avaí-SC  no estádio da Curuzu, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Os fatos ocorridos nesta partida contra o time catarinense levaram o Papão a ser punido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) com a perda de seis mandos de campo e a pagar uma multa de R$ 80 mil. No entanto, os advogados bicolores ainda vão recorrer ao pleno do STJD para tentar amenizar a pena.

Em entrevista ao DOL, o diretor jurídico do Papão, Alberto Maia, considera que a torcida organizada “Torcida Bicolor” foi a responsável pela punição sofrida pelo Papão e deve pagar pelas ações protagonizadas.

“O Paysandu está sendo penalizado por culpa das ações dessas pessoas que são integrantes dessa torcida organizada. Por isso, se esta punição foi definitiva o Paysandu deverá entrar com ação para que eles paguem ao clube pelos prejuízos financeiros causados”, explicou.

O Papão, segundo revelou Alberto Maia, vai cobrar que a recomendação do Ministério Público que impede a entrada de pessoas com uniforme das torcidas organizadas seja cumprido já para o jogo contra o Oeste-SP,  que será realizada às 16h20 do sábado (8), no estádio da Curuzu.

A reportagem do DOL tenta contato com o presidente da Torcida Bicolor, Paulo Rubens, para ouvir o posicionamento da organização.

(Felipe Melo/DOL)

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.