Paulinho, do Flamengo, pode ser suspenso por seis meses por ação da FIFA

18/11/2013

 

Rio de Janeiro, RJ, 18 (AFI) – O departamento jurídico do atacante Paulinho batalha na Justiça para que o destaque do Flamengo evite uma suspensão de seis meses imposta pela FIFA por conta de uma transferência para o futebol búlgaro, enquanto ainda defendia o XV de Piracicaba, em 2012.

Na oportunidade, o atacante havia sido emprestado por cinco meses ao Ludogorts Razgrad, da Búlgaria, mas ele sequer entrou em campo e retornou ao Brasil. Enquanto ele ainda tinha contrato com o clube, Paulinho disputou algumas partidas com a camisa do XV de Piracicaba.

“Estamos lutando contra uma injustiça no desporto. O clube búlgaro não foi leal e acionou a FIFA sem que a razão lhe assistisse, afirmando ter havido uma rescisão contratual sem justa causa e de forma unilateral por parte do Paulinho. O fato é que houve uma clara dissolução amigável do contrato e que tanto o XV como o atleta se surpreenderam com a demanda”, afirmou o dr. Leonardo Andreotti (foto), advogado de Paulinho e do XV de Piracicaba.

O Nhô Quim também corre o risco de ser punido pelo caso. O time da Bulgária quer que o time paulista fique impedido de fazer contratações durante a janela de transferência europeias por dois anos. Andreotti, no entanto, não acredita em punição a ambos.

“As provas demonstram a razão dos brasileiros e a FIFA, esperamos, atuará de forma justa e razoável, afastando qualquer tipo de punição”, encerrou.

Paulinho desembarcou no Flamengo em maio deste ano, após grande Paulistão pelo XV, com contrato de empréstimo até o final do ano. Para ficar com o jogador em definitivo, o Mengão terá que desembolsar cerca de um milhão de reais por 60% dos direiros econômicos.

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.