Todo apoio ao Timbirinhas

22/12/2013

 

Foto: Equipe Parasoccer (parasoccer.com.br)

A Arena da Florentina é conhecida como um dos principais palcos do futebol pelada em Belém. Lá se desenrolam grandes clássicos do futebol amador e a torcida sempre marca presença. No entanto, às terças e sábados, das 14 às 16h, o campo da Florentina é tomado por um monte de crianças e jovens, de 7 a 14 anos, com vontade de bater bola. O projeto Timbirinhas é uma atividade sócio-esportiva existente há 11 anos no bairro do Jurunas e que, através de um convênio com a famosa arena, conseguiu uma casa para realização das suas atividades.

O projeto é mantido pelo senhor Iramir Araújo, que concilia os trabalhos no projeto com o trabalho de divulgador em uma bike-som. “Nosso critério para manter as crianças jogando é que elas se mantenham matriculadas e com médias boas na escola” explica Iramir, que recebeu o projeto das mãos do pai, o finado Seu Filó do Jurunas.

Com tantos anos e meninos envolvidos no projeto, o Timbirinhas acabou dando origem a um time de futebol pelada adulto, que competiu em torneios do bairro e inclusive contou com a participação de alguns atletas conhecidos, como o ex-atacante azulino André Barata, mas o foco é o trabalho com os jovens. “Enquanto tivermos uma bola para manter as crianças ocupadas jogando, estamos afastando elas do ócio e do crime no nosso bairro”, diz Iramir, que conta com apoio da comunidade para levar adiante o projeto.

“São 11 anos vivendo apenas com o apoio. Não temos patrocínio, apenas alguns amigos comerciantes locais que ajudam, como o pessoal da Droga Rio. O (site) Parasoccer fez uma coleta na sua última liga de futebol para realizar doações para o projeto”.

E a cultura também é exaltada: “Apesar das dificuldades procuramos oferecer mais do que apenas futebol para as crianças. Ano passado trouxemos a apresentação da peça “Fio de Pão – A Lenda da Cobra Norato” para os meninos conhecerem o teatro. Gostaria de mostrar pra eles que cultura não é só aparelhagem”.

(Diário do Pará)

 

2 respostas a Todo apoio ao Timbirinhas

  1. Fico muito feliz pelo belo trabalho do Iramir junto ao Timbirinha.

    • Na verdade, Luiz, o Timbirinha é como se fosse um outro filho nosso, que ganhamos em 2013. Na prática mais 100 filhos que adotamos indiretamente, pois, o pai de fato é esse senhor incansável e abnegado a fazer o bem sem olhar a quem, que é o Iramir Araújo. Muito bom ter notícias legais a respeito do projeto e em um veículo de comunicação de bastante alcance. Só falta mesmo a formalização do projeto, e isso é um grande desafio para 2014, quem sabe.

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.