Órgãos de segurança vistoriam o Mangueirão

07/01/2014

 

Como grande parte dos estádios que sediarão jogos do Campeonato Paraense 2014, o Edgar Proença, o Mangueirão, enfrenta problemas estruturais para realizar jogos oficiais. Por esse motivo, a maior praça esportiva do estado passará por uma visita técnica organizada pela Sistema Estadual de Segurança Pública, com a participação da Polícia Militar nesta quarta-feira (8).

A situação nos estádios do Pará é preocupante. Em entrevista ao DOL, Cláudio Santos, diretor de fiscalização de estádios, ressaltou que laudos, inclusive o do Mangueirão, deveria receber uma visita técnica visando a renovação do documento.

Em vistoria realizada pelo Corpo de Bombeiros em dezembro de 2013, o trabalho indicou que muitos estádios do Pará não estão em condições de uso, com vários problemas estruturais que ameaçam a segurança dos torcedores.

O objetivo da vistoria do Mangueirão, é avaliar as condições gerais de segurança do estádio para os jogos do torneio e posteriormente os órgãos prersentes darão os seus respectivos posicionamentos sobre as providências finais para que a praça esportiva seja liberada.

Outro encontro entre órgãos de segurança pública, entidades esportivas e clubes, também já havia sido realizado no mês anterior. Nele foi exposta a falta de recursos para executar obras de restauração nos diversos estádios paraenses, dentre eles o Mangueirão. Além dos problemas estruturais, também foi ressaltado pelos participantes as dificuldades na segurança durante os jogos, principalmente em clássicos entre Remo e Paysandu.

Os representantes de Leão e Papão relataram que além dos custos com os estádios do Baenão e da Curuzú, realizam gastos com o Mangueirão, como a contratação de catracas, já que as pertencentes ao estádio estão sucateadas e ainda pagam a taxa de R$ 8 mil por jogo realizado, fruto da falta de investimento e manutenção do Governo do Estado.

(Ronald Sales/DOL)

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.