Alex Ruan salva Remo nos acréscimos

14/01/2014

 

(Foto:Antônio Cícero)

O Clube do Remo soube misturar e aproveitar bem as pratas da casa com as contratações de peso e venceu o Cametá na noites desta segunda-feira (13) no Estádio Olímpico do Pará, o Mangueirão. A partida encerrou a primeira rodada do Campeonato Paraense 2014.

Nos primeiros minutos do primeiro tempo, o Camisa 33 mostrou para o que veio e colocou uma bola bonita para o atacante Leandro Cearense que não conseguiu finalizar. Depois disso, a pressão azulina só aumentou, com muitas chances reais de gols, mas a finalização não acontecia. O Mapará só se defendia e, depois de duas faltas violentas, o atacante Alan Peterson é expulso aos 15 minutos.

Finalmente, aos 28 minutos do primeiro tempo, o meia Eduardo Ramos tabela com o lateral-esquerdo Alex Ruan e manda certeiro no gol de Alencar Baú. Aos quinze minutos finais do primeiro tempo, o time azulino aparentava cansaço e o Cametá começou a pressionar, mas o domínio continuava sendo do Leão.

Na volta para a etapa final a pressão do Remo continuou e mais uma vez os jogadores perderam gols. Inúmeras oportunidades de finalizações foram perdidas, pelo menos seis só nos minutos iniciais. O técnico do Cametá Adonaldo Viana fez a segunda mudança e o time se arrumou em campo. Aos 30 minutos o time visitante empatou com Gil, de cabeça, que mandou direto no canto esquerdo de Fabiano.

Com o empate, O Clube do Remo ficou abalado em campo e só se defendeu. Jogadas eram armadas, mas a bola não entrava. Enquanto isso, o Mapará apertava cada vez mais. Nos acréscimos, Alex Ruan recebeu bola de Jhonnathan e mandou uma bala certeira de fora da área no canto esquerdo de Baú, sem chance para defesa.

“Primeiro eu tenho que agradecer muito a Deus pela oportunidade, ele me iluminou mais uma vez. Por ter jogado há algum tempo com o Jhonnathan isso acabou facilitando a jogada do gol. Eu dedico esse gol para os meus pais e para meu avô que já se foi. Temos um grupo excelente, a diretoria contratou os melhores jogadores para o Remo”, disse Alex Ruan.

Outro jogador que merece destaque é o meio-campista Athos, que teve chances claras de gol. “Tenho que progredir ainda, eu sei que posso dar mais e o Remo pode ter mais de mim também. No primeiro tempo fui bem, mas no segundo meu rendimento caiu um pouco”, desabafou o jogador.

(Bruna Dias/DOL)

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.