Reservas do Paysandu entram em campo já garantidos

18/02/2014

 

O Paysandu volta à disputa da Copa Verde, hoje, quando recebe a visita do Náutico-RR, em jogo de volta pela competição. O Papão entra em campo às 20h30, na Curuzu, para selar sua classificação à segunda fase do torneio, quando enfrentará o vencedor da disputa entre Santos-AP e Princesa de Solimões-AM. No primeiro jogo, vitória dos amazonenses: 1 a 0. O time bicolor aplicou 7 a 2 na equipe de Roraima na partida de ida pode perder até por cinco gols de diferença que permanecerá na Copa. Só uma grande zebra, portanto, será capaz de alijar o Papão da disputa.

Com tanta facilidade, a diretoria do Paysandu, acertadamente, decidiu reduzir os preços dos ingressos. O objetivo é atrair o máximo de torcedores ao estádio. A entrada de arquibancada será cobrada a R$ 15 e o de cadeira a R$ 30, 50% do valor que vinha sendo cobrado nos jogos do time no Estadual. Pesou também em favor da redução o fato de o time ter mais um Re-Pa, no próximo domingo (23), pela final do primeiro turno do Parazão, o que vai onerar ainda mais os gastos do torcedor.

Ontem, o técnico Mazola Júnior ministrou, à tarde, o único treinamento com vistas ao confronto com o time roraimense. O time que deve começar a partida é bem diferente daquele que começou o Re-Pa de anteontem. O goleiro Matheus, se recuperando de lombalgia, segue afastado da equipe. Paulo Rafael, que foi bem no clássico, permanece como titular. Sem os zagueiros Charles, poupado, e João Paulo, lesionado, o treinador deve escalar a zaga com Pablo e Lacerda, que fará a sua estreia pelo time.

A novidade no meio-campo é o retorno do volante Zé Antônio, livre de suspensão. Mas esta não é a única mudança. Lineker e Araújo substituem Djalma e Bruninho, também poupados. Já o ataque também deve ganhar nova ‘roupagem’, com Heliton e Dennis, substituindo Lima e Heverton.

As mudanças foram adotadas para que os jogadores titulares possam descansar ao máximo para o clássico decisivo de domingo, que apontará o campeão da Taça Cidade de Belém do Campeonato Paraense.

Lacerda deve ter a chance de estrear

O torcedor do Paysandu que for, hoje à Curuzu, prestigiar seu time na estreia dentro de casa na Copa Verde vai poder avaliar a última contratação do clube: o zagueiro de área Lacerda. O defensor, vindo da Portuguesa-SP, participou do treino de ontem à tarde do time e deve fazer sua estreia ao lado de Pablo na zaga.

Lacerda teve apenas duas semanas de preparação, mas, diferente da maioria dos jogadores que chegam ao futebol local, garantiu ter tido tempo suficiente para vestir a camisa bicolor. “Estou bem preparado. Foram praticamente duas semanas de preparação, portanto, estou legal”, afirmou.

O zagueiro não escondeu o desejo de fazer uma grande estreia, o que, pelo que deu a entender, pode lhe assegurar a condição de titular para o clássico do final de semana. “Só depois é que posso pensar no Re-Pa. Primeiramente o pensamento é no jogo contra o Náutico-RR, que é fundamental para a classificação”.

Segundo Lacerda, duas semanas foram suficientes para ele ficar em condições de encarar a estreia e até pensar na titularidade para o Re-Pa, já que o time não vai poder contar, no próximo domingo, com Pablo, suspenso, e João Paulo, machucado. O jogador não conseguiu lembrar o tempo que está sem disputar uma partida oficial. “Já faz um ‘tempinho’, mas isso a gente tira de letra”, concluiu.

Realista, adversário pensa apenas em despedida honrosa

A delegação do Náutico-RR ficou de chegar no começo da manhã em Belém. O time de Roraima vem à capital paraense para tentar um verdadeiro milagre. O Urubu, como é chamado, precisa derrotar o Paysandu, hoje, com, no mínimo, cinco gols (sem tomar nenhum) de diferença para avançar à próxima fase da Copa Verde.

A missão, como reconhecem o técnico Fábio Luiz e seus jogadores, é bastante indigesta. Mas o grupo quer se despedir do torneio de forma honrosa. Se não der para se classificar, que a equipe pelo menos arranque uma vitória ou mesmo um empate para retornar ao seu Estado de origem com o sentimento de dever cumprido. O treinador Fábio Luiz até ontem tinha pelo menos duas dúvidas na cabeça. Os meias Thiago Francisco e Bruno esperavam por suas respectivas regularizações junto à Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Caso os nomes de ambos tenham entrado no Boletim Informativo Diário (BID), da entidade, eles entram desde o início na partida. Do contrário Franklin e Jackson serão os titulares. Enquanto a dupla era dúvida, o goleiro Stanley teve a sua escalação confirmada por Fábio Luiz. O arqueiro substitui Dida, que na partida de ida foi ‘premiado’ com sete gols.

A péssima estreia do Urubu na Copa Verde não surpreendeu a ninguém em Boa Vista. Além de enfrentar dificuldades financeiras, sem grande apoio do empresariado e do governo local, a equipe fez apenas um amistoso de preparação para encarar o Papão em casa. A folha de pagamento do elenco, conforme revelou a direção do clube, não ultrapassa a casa dos R$ 50 mil, valor bem inferior ao que é pago pelo Paysandu, quase R$ 400 mil. O clube só aceitou entrar no torneio por ter as despesas com viagem e hospedagem bancadas pela CBF. Não fosse assim, teria desistido, como já ocorreu diversas vezes com outros clubes do Estado em disputas nacionais.

(Diário do Pará)

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.