Paysandu terá força total contra o MAC

15/04/2014

 

Enquanto aguarda a decisão da Copa Verde, marcada para o próximo dia 21, contra o Brasília-DF, o Paysandu tem, amanhã, em Belém, mais uma parada dura. Às 20h30, o time enfrenta o Maranhão-MA, no jogo da volta da primeira fase da Copa do Brasil, com a vantagem de empatar em 0 a 0 ou 1 a 1 para se classificar, já que no jogo de ida, em São Luís, houve empate por 2 a 2. Como não abre mão de seguir na competição, o técnico Mazola Júnior adiantou, após o jogo contra o São Francisco, no último domingo (13), pelo Parazão, que pretende utilizar o que tiver de melhor frente ao Maranhão.

Como poupou praticamente seu time inteiro no cumprimento de tabela no returno, Mazola deve manter a formação que vinha jogando. O treinador não tem problema de ordem médica ou disciplinar para definir sua equipe, situação rara de acontecer ultimamente na Curuzu. Ontem, o elenco voltou os treinos, à tarde, em dois locais. Quem enfrentou o Leão santareno treinou na Curuzu e aqueles que não viajaram foram ao campo do Kasa, em Ananindeua, para realizar um treino com bola. Dos chamados titulares, os únicos que participaram do treino na academia do estádio foram o volante Zé Antônio e os meias Héverton e Djalma. Os demais titulares, inclusive o atacante Lima, que voltou de Natal-RN, onde foi resolver assuntos particulares, estiveram em um treino com bola. Hoje, o técnico Mazola comanda o treino que definirá a formação que começa a partida com o Mac.

Embora tenha uma pequena vantagem, os bicolores encaram o adversário como um sinal amarelo. Isso porque, em 2000, o time maranhense surpreendeu o Papão no torneio ao garantir classificação à segunda fase. “Não podemos nos descuidar, achando que já estamos classificados. Precisamos jogar e buscar o resultado que nos interessa”, alertou o volante Vânderson.

(Diário do Pará)

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.