Lecheva ajusta problemas dos desfalques na equipe

29/04/2014

 

Em seu último treino, na cidade de Tucuruí antes do jogo da volta contra o Remo, o Independente contou com a participação do seu torcedor, que foi ao estádio Navegantão levar seu apoio e cantar o nome dos jogadores. Nessa despedida, o técnico Lecheva parece ter solucionado as dúvidas que pairavam diante das baixas do volante Chicão e dos laterais Jackinha, suspenso, e Fábio Gaúcho, lesionado. A opção do comandante do Galo foi, aparentemente, bastante defensiva.

Na lateral esquerda, entrou o zagueiro Ezequias, enquanto Fernando assumiu a zaga ao lado de Cristovam. Já no meio-campo, o volante Silva, pouco aproveitado até aqui, assumiu a vaga de Chicão. No ataque, a princípio, a opção de Lecheva será pela manutenção de Chaveirinho e Wegno, com Joãozinho ficando como opção para o jogo. “O Kariri e o Chaveirinho tiveram uma atuação muito boa, além da importância tática na movimentação do time. Sabemos da qualidade do Joãozinho mas vamos procurar não mudar algo que deu muito certo no último jogo”, disse o técnico.

O Independente viajou no final da tarde de ontem para Belém, onde deve realizar um treino recreativo nesta terça-feira e, em seguida, iniciar a concentração visando o jogo de quinta-feira no Baenão. “Temos uma vantagem grande, é verdade, mas não podemos perder o foco. O que pudermos fazer para evitar o desgaste do grupo e deixar os atletas mais confortáveis para o nosso objetivo, que é chegar à final, nós faremos”, explicou o presidente do clube Deley Santos.

Com a vitória por 3 a 0 na primeira partida, o Galo Elétrico tem a vantagem de poder perder por até 2 a 0 que ainda assim segue à final da Taça Estado do Pará. Na disputa paralela pela vaga na Copa Verde e Copa do Brasil 2014, o Independente já despachou o Cametá, ao atingir 23 pontos, e, em tese, só perderá a vaga se o finalista do segundo turno for o São Francisco.

(Diário do Pará)

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.