Meia paraense pensa em jogar nos grandes do estado

21/05/2014

 

Autor do primeiro gol no estádio Itaquerão, onde ocorrerá o primeiro jogo da Copa do Mundo de 2014, entre Brasil x Croácia, o meia do Figueirense Giovanni Augusto se diz alegre com uma nova etapa na sua carreira. O meia disse ao DOL que não descarta a possibilidade de defender um clube do futebol paraense no futuro.

“Acompanho sempre o futebol paraense e procuro ficar bem informado sobre Remo e Paysandu, que são dois clubes que tem uma torcida fantástica, e com certeza passa em minha cabeça em um dia defender um clube do Pará. Estou feliz no Figueirense, porém um dia posso defender ou Paysandu ou Remo”.

Giovanni relembra que chegou a ser sondado pelo Paysandu para a disputa da Série B de 2013, porém as negociações não avançaram. “Tive conversas para defender o Paysandu na Série B, mas as negociações não avançaram e não pude atuar pelo clube no ano passado”.

O jogador lembra o começo difícil da carreira e também agradece ao ex-jogador Wélber, que ajudou no começo da carreira. “No começo foi difícil à carreira e para treinar, cheguei a pedir dinheiro emprestado para ir de ônibus treinar e ao longo do trabalho, pude ter o apoio do Wélber, que me ajudou muito e tenho uma gratidão enorme com ele”, disse Giovanni.

Após o gol marcado, o atleta recebeu o carinho de diversos torcedores do Figueirense, como também da família, que acompanhou a partida.

(Diego Beckman/DOL)

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.