Título via justiça seria comemorado

05/10/2014

 

Mesmo com o time lutando até ontem por uma vaga na segunda fase da Série C do Campeonato Brasileiro, os jogadores do Paysandu não deixam de acompanhar o desenrolar do ‘Caso Copa Verde’, principalmente aqueles que disputaram o torneio pelo clube.

É o caso, por exemplo, do volante Zé Antônio, que adianta não ter nenhuma vergonha em comemorar o título do torneio, caso ele venha a ser garantido no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). “Não vejo nada de errado em festejar, já que nos dois jogos que disputamos contra o Brasília-DF, nós vencemos um e o adversário o outro”, argumenta. “Se o time deles utilizou jogadores de forma irregular, é claro que tem de ser punido”, completa.

Já o lateral-direito Yago Pikachu havia afirmado, em entrevista concedida há algum tempo, que torce para que o departamento jurídico do Papão tenha êxito na questão. “É claro que todos nós estamos torcendo para que ocorra essa vitória na justiça. Ter o título da Copa Verde, ainda que conquistado na justiça, será importante para o clube e também para o currículo de cada um dos jogadores que disputaram o torneio”, alega.

Alguns dos atletas que participaram do torneio só tomarão conhecimento da conquista, caso ela venha a acontecer, de longe, já que não fazem mais parte do elenco do clube. É po caso do goleiro João Gabriel, que disputou duas partidas como titular, do zagueiro João Paulo, do meia Lineker e do atacante Lima, entre alguns outros ex-bicolores.

(Diário do Pará)

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.