Diretoria não recebeu nenhuma proposta por Pikachu

29/11/2014

 

Que o lateral-direito Yago Pikachu deve deixar a Curuzu não é segredo para ninguém. Mas, o destino do jogador em 2015 continua indefinido. O atleta, que chegou a interessar ao Goiás-GO e Palmeiras-SP, este ano, poderá tomar o rumo do exterior.

O presidente Vandick Lima revelou que ofereceu o lateral a um empresário que vem colocando atletas no futebol da Europa e de outros continentes. “Eu procurei um amigo, o Edinho Baiano, que jogou comigo no Joinville-SC, e que está negociando um monte de jogadores com o exterior. Falei para ele do Yago e vamos aguardar”, contou Vandick.

O dirigente afirmou que até ontem o Paysandu não havia sido procurado por nenhum clube ou empresário interessado na aquisição do atleta. “Até aqui não fomos procurados por ninguém, mas se isso acontecer, com certeza, vamos viabilizar a saída do atleta”, comentou.

Na avaliação do presidente, Pikachu merece ir para um clube de maior expressão, seja do Brasil ou do exterior, em função de tudo o que fez pelo Paysandu. “O Yago é um jogador que merece muito. São três anos jogando como profissional no Paysandu, um artilheiro e um jogador exemplar. Nunca nos criou problema e merece sair”, reconhece.

Vandick ressaltou ainda que a permanência de Pikachu na Curuzu até o final do contrato do atleta só traria prejuízos ao Papão. “O outro motivo é que o contrato dele termina em 2015 e se não liberarmos o jogador, o Paysandu não vai ganhar nada. Chegando alguma proposta dentro do que queremos não vamos dificultar em nada, como ocorreu nas outras vezes”, avisou.

(Diário do Pará)

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.