Muito mais do que uma decisão para o Leão!

18/10/2015

 

Eis que a tensa luta pelo acesso à terceira divisão do futebol nacional chega à reta final. Em Belém, diante de 35 mil torcedores alucinados no Mangueirão, o Remo terá a missão de sustentar a vantagem de 1 a 0 conquistada fora de casa e garantir o retorno à Série C sete anos após a sua queda. E a disputa promete ser equilibrada. Se fora de campo todos os fatores jogam a favor do Remo, dentro das quatro linhas o técnico Cacaio perdeu sua dupla de ataque titular, enquanto Itamar Schülle conta com o retorno de três titulares que não atuaram na primeira partida.

 

No Operário, a expectativa é que o treinador escale um time parecido com o que começou a última partida. No gol, o paraense Paulo Sergio retorna após se recuperar de lesão. O titular Chicão é figura certa na cabeça de área, mas o atacante Rossi, mesmo retornando de suspensão, é dúvida por conta de dores no joelho. O volante Nata é uma das opções caso o titular não tenha condições de jogar.

 

Enquanto isso, no Leão Azul, o ritmo de preparação para a partida de volta foi bem mais tranquilo que em outras jornadas. Além da vantagem conquistada na primeira partida, o departamento médico liberou todos os atletas para ficar à disposição do treinador, que reforçou os treinamentos do esquema 3-5-2, a surpresa de última hora do jogo de ida. O suspenso Alex Ruan voltou a ser opção, mas acabou barrado pelo seu substituto, Mateus Muller, que teve atuação celebrada e garantiu a sua permanência no time.

 

A única dúvida, efetivamente, repousava no ataque. Quem substituiria os suspensos Kiros e Léo Paraíba? Durante a semana, a dupla mais testada foi Rafael Paty e Aleílson, mas o treinador também utilizou Whelton e Silvio no posto de Paty durante os treinos. Mais experiente e único jogador de área do trio, Rafael Paty, artilheiro das decisões, parece a opção mais provável.

 

As cartas estão na mesa. A torcida vai fazer o seu papel e apoiar o time azulino do início ao fim. Resta aos jogadores entrarem com espírito de decisão para tirar de uma vez por todas o Leão da última divisão. A hora é agora!

 

FICHA TÉCNICA

 

REMO: Fernando Henrique; Henrique, Max e Ciro Sena; Levy, Chicão Ilaílson, Eduardo Ramos e Mateus Muller; Rafel Paty e Aleílson. Técnico: Cacaio.

OPERÁRIO-PR: Paulo Sérgio; Alemão, Juan Sosa, Douglas Mendes e Capa; Chicão, Lucas, Julinho e Doda; Rossi (Nata) e Joelson. Técnico: Itamar Schlle.

Local: estádio Mangueirão

Árbitro: Jaílson Macedo de Freitas (BA)

Assistentes: Elicarlos Franco de Oliveira (BA) e Marcos Web Rocha de Amorim (BA)

Ingressos: R$ 60 (arquibancada) e R$ 100 (cadeira

 

(Taion Almeida/Diário do Pará)

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.