O maestro fica ou não no Leão?

08/12/2015

 

O meia Eduardo Ramos, principal estrela do Remo nos dois últimos anos, é aguardado, hoje, em Belém. O atleta, que passa férias em Goiânia (GO), vem à capital paraense para definir sua situação com o Leão. Ramos tem pré-contrato assinado com o bicampeão estadual, mas ele aguarda pela abertura da “janela” de contratações pelos clubes do futebol do exterior. O meia teria convite para atuar na equipe do técnico Luiz Felipe Scollari no futebol da China, o Guangzhou Evergrande. O ídolo do Fenômeno Azul deve se reunir com os dirigentes azulinos hoje ou amanhã, quando detalhes sobre a sua permanência ou não no Baenão serão discutidos.

 

Ramos deixou Belém logo após o acesso do Leão à Série C de 2016. Àquela altura, o apoiador dizia não ter certeza de seu retorno ao Leão. Mas a tendência, pelo que se especula nos corredores da sede social azulina, é que o meia deverá mesmo continuar por mais uma temporada no clube. Ramos teria pretensões políticas, planejando disputar a próxima eleição para chegar à Câmara Municipal de Belém. A permanência do atleta no elenco seria a principal cartada da diretoria do Leão para a disputa das quatro competições oficiais que serão disputadas em 2016.

 

O técnico Leston Júnior teria sido consultado sobre o meia e, segundo informações de bastidores, aprovado de imediato a manutenção do atleta. O ex-33, em seu retorno encontrará velhos companheiros, mas também muita gente nova, já que o Remo deve fechar com, no mínimo, dez novos jogadores. A direção remista procurou manter a “espinha dorsal” do time, com as permanências do goleiro Fernando Henrique, dos zagueiros Max, Ciro Sena e Henrique, do volante Chicão, entre outros.

 

(Nildo Lima/Diário do Pará)

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.