Cel. Nunes é acusado de fraude em eleição da FPF

23/12/2015

 

O Coronel Antônio Nunes mal assumiu o cargo de vice-presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e já tem denunciais contra ele. O dirigente foi acusado de fraude durante o pleito que o manteve, em 2013, a frente da Federação Paraense de Futebol (FPF).

O vice-presidente da CBF estava em seu sexto mandato na entidade paraense de futebol e dois de seus adversários alegam que houve desvios graves na campanha eleitoral do Coronel Nunes.

Segundo Ulisses Sereni, um dos adversários que atualmente é diretor de futebol da categoria de base do Paysandu, o Coronel Nunes custeou passagens de avião para a maioria dos representantes das ligas municipais do Pará. Além disso, o dirigente teria despachado pacotes para eleitores do interior que tem direito de voto na FPF. Até camisas e agasalhos da seleção brasileira teriam sido distribuídos.

Para Luiz Osmar Pinheiro, ex-presidente do Paysandu, que concorreu a vaga de presidente da FPF em 2013, o Coronel Nunes venceu a eleição daquele ano pela compra de votos.

Nunes negou as acusações de fraude nas eleições de 2013. Ele ainda ressaltou que não existe corrupção no futebol.

(DOL com informações do Portal Terra)

Deixe uma resposta

Você precisar fazer login para comentar.